Está ao rubro a frente da classificação. No jogo grande da jornada, o Estarreja foi a casa do líder, a Sanjoanense, ganhar e apanhou na liderança a equipa de São João da Madeira. Com a derrota do Carregosense em Castelo de Paiva, o Águeda, que esteve a perder por 2-0 em casa, conseguiu dar a volta ao resultado frente à Ovarense e ficou a três pontos do duo da frente.
Na luta pela manutenção, o Oiã voltou a encaixar oito golos, na casa do Valecambrense, um dos candidatos à subida. Os oianenses já poucas hipóteses têm de permanecer no máximo escalão do futebol distrital aveirense.
O Fermentelos não aproveitou a 100% o factor casa e empatou com o Gafanha, enquanto o Mourisquense perdeu na Mealhada. A equipa de Raul Pinto continua a realizar um excelente campeonato, ocupando o 8.º lugar.
O campeonato sobre uma pausa para dar lugar à 5.ª eliminatória da Taça Distrito de Aveiro.
II DIVISÃO

SÉRIE C.1-Tal como se previa, o trio da frente foi desfeito. Dois deles, LAAC e Águas Boas jogaram entre si e o jogo saldou-se por um empate. O resultado acaba por ser mais benéfico para os canarinhos, pois os homens de Aguada de Cima acabaram por não aproveitar o factor casa.
Quem ganhou pontos foi o Famalicão. A equipa de Jó venceu em casa o Troviscalense e ficou sozinho na frente da classificação.
Na peugada aos três da frente continua o Calvão, que somou a 5.ª vitória consecutiva em casa diante do Paredes do Bairro. A equipa vaguense está apenas a três pontos de LAAC e Águas Boas. Logo a seguir está o Couvelha, que em casa goleou o Benfica e Arinhos e alcançou a 6.ª vitória consecutiva.
Apesar da diferença de 9 pontos para o Famalicão, a equipa de Artur Rabiça ainda não atirou a toalha ao chão no que diz respeito na luta pela subida.
O Luso venceu na Carregosa e consolidou o 5.º lugar, tal como o Carqueijo a 7.ª posição, após a vitória em casa diante do Antes.
Sem ganhar há 8 jogos, o Bustos trouxe precioso ponto de VN Monsarros. Menos sorte teve o Mamarrosa que, depois de três vitórias consecutivas, foi surpreendido em casa pelo Aguinense.
Depois de 9 jogos sempre a perder, o CRAC venceu à tangente o Ribeira/Azenha.
2-Sábado joga-se a 23.ª jornada. O Famalicão vai tentar segurar a liderança no derby concelhio na casa do Paredes do Bairro. Não se afigura um jogo nada fácil para o líder do campeonato.
O Águas Boas, em casa, terá que ser igual a si próprio frente ao Carqueijo, a primeira equipa a derrotar os pupilos de Mico. O mesmo se aplica à LAAC em Bustos. O conjunto de José Pimentel não atravessa um bom momento, mas é bom não esquecer que há 15 dias fez a vida negra ao Famalicão.
E como não há duas sem três, o Calvão também terá missão difícil no Luso, ao contrário do Couvelha, que não deverá ter problemas no reduto do Antes.
Em casa, o Troviscalense joga com o VN Monsarros. Duas equipas mais ou menos equivalentes, onde o empate não é de rejeitar.
Igualados em pontos, o Mamarrosa poderá muito bem trazer pontos de Arinhos. Em dia de aniversário do Ribeira/Azenha, o jogo com o Aguinense realiza-se dia 13, em Anadia. O CRAC é bem capaz de não desperdiçar o factor casa frente ao Carregosa.

SÉRIE B.1-O Sosense vendeu cara a derrota na casa do líder Macinhatense, única equipa dos campeonatos distritais que ainda não conheceu o sabor da derrota.
O Nariz baqueou na casa do Santiais. Sábado recebe o Macinhatense e tudo se conjuga que não tenha sucesso.
O Sosense joga em casa com o Gafanha D’ Aquém. Jogo para ganhar.