Depois da goleada em Vale de Cambra, o Oiã volta a jogar fora de casa, desta vez em Ovar. A Ovarense está um lugar acima dos bairradinos, também ela em zona de descida. Na última jornada, a equipa vareira quase surpreendeu o Águeda. Sem pontuar desde a deserção dos jogadores, o Oiã procurará deixar outra imagem daquela que deixou no reduto do Valecambrense.
O Águeda, que está a três pontos da liderança, joga no terreno do S. Roque. A equipa do concelho de Oliveira de Azeméis vem de 5 derrotas consecutivas e isso poderá jogar a favor dos Galos do Botaréu.
O Fermentelos joga em Santa Maria de Lamas. O União local está numa posição traquila na tabela, ao contrário dos Leões da Pateira, que estão em zona de descida. A equipa de Toninho já não perde há três jogos. Um ponto já não era mau de todo.
O Mourisquense tem um osso duro de roer com a recepção a um dos líderes do campeonato, a Sanjoanense. O favoritsmo vai para a equipa da Capital do calçado.

II DIVISÃO

SÉRIE C.1-A grande surpresa aconteceu em Bustos, onde a LAAC deixou três pontos. A equipa de Aguada de Cima foi apanhada no 3.º lugar pelo Calvão, que passou com distinção no Luso e ficou a 5 pontos da liderança. Liderança essa que continua a pertencer ao Famalicão, que foi a Paredes do Bairro ganhar, logo seguido do Águas Boas que venceu em casa pela margem mínima o Carqueijo.
Em Antes, o Couvelha somou a 7.ª vitória consecutiva e consolidou de vez a 5.ª posição. A equipa ainda sonha com os lugares de subida, mas os 9 pontos de diferença para o Famalicão parece-nos que é muita fruta.
Depois de 7 jogos sem vencer, o Troviscalense não desperdiçou o factor casa e derrotou o VN Monsarros. O CRAC somou a segunda vitória consecutiva ao vencer em casa o Carregosa, enquanto o Mamarrosa, em nítida subida de forma, trouxe um ponto de Arinhos.
O jogo Aguinense – Ribeira/Azenha foi adiado para o dia 13 de Abril.
2-Jornada deveras complicada com dois jogos onde intervêm os cinco primeiros classificados. O Famalicão recebe o Calvão. Primeiro contra quarto, cinco pontos de diferença, num jogo onde os anadienses tudo farão para derrotar outro candidato à subida, que está proibido de perder pontos.
O segundo classificado, o Águas Boas, joga na casa do quinto, o Couvelha, em mais um jogo que promete. Em ambos os casos, jogos com resultado imprevisível e onde muita coisa poderá mudar na tabela.
A LAAC joga em casa com o Troviscalense e pode, caso vença, tirar partido do que poderá acontecer nos outros jogos para se aproximar de novo da liderança.
O Carqueijo recebe o Bustos. Pela imagem deixada pela equipa de José Pimentel no jogo frente à LAAC, os bustoenses terão uma palavra a dizer.
O Luso não deverá meter água em Parada de Cima, enquanto no VN Monsarros – Paredes do Bairro, o equilíbrio poderá ser a nota dominante.
Em casa, o Mamarrosa tem boas probabilidades de ter sucesso frente ao Antes. Em jogo de aflitos, o Ribeira/Azenha, se aproveitar o factor casa, não perderá diante do Benfica e Arinhos.
O Aguinense é bem capaz de fazer estragos na Carregosa.

SÉRIE B.1-Apesar da derrota, o Nariz deixou boa imagem na recepção ao Macinhatense, única equipa dos distritais que ainda não perdeu.
Também em casa, o Sosense não foi além de um empate contra o Gafanha D’ Aquém.
2-Melhor fora, o Nariz joga com o Gafanha D’ Aquém à espreita de somar pelo menos um ponto. O Sosense joga na Oliveirinha. Em caso de vitória ultrapassará o seu adversário na classificação.