O Calvão sentiu na pele o poderio da Sanjoanense, um dos sérios candidatos à subida, ao perder por 9-1, conjunto que lidera juntamente com o Lourosa a 1.ª Divisão Distrital. Muita fruta, diga-se de passagem. O Fermentelos também não consegue acertar o passo fora de casa. Perdeu no reduto do Mealhada, adversário que está a fazer um bom início de época.
Como se previa, o Águeda mostrou outros argumentos e venceu na casa do Cucujães.
O Mourisquense, única equipa que ainda não conheceu o sabor da vitória, baqueou em sua casa frente ao Fiães.

II DIVISÃO

SÉRIE C.1-Três equipas mantêm o pleno e lideram o campeonato. O Águas Boas aproveitou muito bem o facto de ter jogado três vezes seguidas em casa para fazer o plano de pontos. O Carqueijo foi a última vítima, adversário que perdeu os primeiros pontos no campeonato.
Quem também não descola da linha da frente é o Oiã e a LAAC. O primeiro venceu em casa o Luso pela margem mínima, enquanto a equipa de Aguada de Cima, também em casa, goleou o Mamarrosa.
Embora ainda seja muito cedo e apesar de ninguém assumir esse estatuto, as três equipas começam a mostrar argumentos que são sérios candidatos à subida ao principal escalão do futebol distrital aveirense.
No dérbi anadiense, o Famalicão levou a melhor sobre o Couvelha.
Numa partida cheia de golos, o Aguinense derrotou o Sosense naquela que foi a primeira vitória dos guinatos.
Um pouco contra as expetativas, o CRAC foi surpreendido em casa pelo Ribeira/Azenha, sucedendo o mesmo ao Paredes do Bairro, que foi batido em casa pelo Requeixo.

TAÇA DISTRITO

1-No próximo domingo, dia 14, joga-se a 2.ª eliminatória da Taça Distrito de Aveiro, já com a presença das equipas da 1.ª Divisão e numa ronda em que o Famalicão ficou isento. Trata-se de uma eliminatória em que as equipas da Bairrada têm boas condições para passar à ronda seguinte, embora haja algumas partidas de grau de dificuldade elevado.
O Alvarenga, que ficou isento na primeira eliminatória, joga no reduto do Fermentelos, prevendo-se um jogo fácil para os pupilos de Fernando Silva.
O Mealhada volta a encontrar o líder do principal escalão da AFA, o Lourosa, desta vez na casa deste. Prélio complicado para os bairradinos.
Curiosa vai ser a receção que CRAC e LAAC irão fazer a duas equipas do principal escalão, Águeda e Calvão respetivamente. O favoritismo está do lado das equipas da 1.ª Divisão, mas terão que o provar dentro de campo, pois os adversários do escalão inferior já mostraram ter argumentos para altos voos.
O Couvelha joga em Sanguedo. O seu adversário está na 2.ª Divisão – Série A, luta pela subida. Quem cometer menos erros poderá seguir em frente.
O Carqueijo fará a receção ao Beira Vouga, duas equipas que estão na mó de cima nas respetivas séries do campeonato secundário. Jogo para tripla.
O Mourisquense não deverá ter grandes problemas no reduto do Caldas de S. Jorge, o mesmo não se aplica nas outras equipas do concelho de Águeda. O Macinhatense, ainda à procura da sua identidade, recebe o Carregosense, enquanto o Valonguense viaja até Canedo. Favoritismo para os primodivisionários.
Jogos completos: Fermentelos – Alvarenga. Macinhatense – Carregosense. Carqueijo – Beira Vouga. Caldas S. Jorge – Mourisquense. CRAC – Águeda. Rio Meão – Pinheirense. Lourosa – Mealhada. Cucujães – Milheiroense. Canedo – Valonguense. LAAC – Calvão. Rocas do Vouga – Paços de Brandão. Cortegaça – Bom Sucesso. Esmoriz – Gafanha. Fiães – S. Roque. S. Vicente Pereira – Mansores. Ovarense – Paivense. Sanguedo – Couvelha e Sanjoanense – ACRD Mosteiro.