Os dérbis são sempre imprevisíveis. Nem sempre quem está melhor classificado, leva vantagem. Assim aconteceu com o Fermentelos, que conquistou uma preciosa vitória em casa frente ao vizinho Mourisquense. Com os três pontos, a equipa de Fernando Silva deixou o último lugar, subindo duas posições na tabela classificativa, mas ainda longe dos lugares de salvação.
Com a possibilidade de subir uns degraus na tabela, o Mealhada, em casa, não foi além de um empate com o Carregosense. Os bairradinos, a par com o Canedo, são os campeões dos empates (6).
Num jogo em que um dos líderes, o Lourosa, tinha um jogo aparentemente complicado, em Águeda, tudo se transformou na segunda parte. Os Galos ainda estiveram em vantagem, mas não evitaram a goleada (1-4).
Como era mais ou menos expectável, pois em seis jogos fora de casa ainda não tinha somado qualquer ponto, o Calvão perdeu no terreno do Fiães, adversário que recuperou o terceiro lugar, a 15 pontos dos líderes, Sanjoanense e Lusitânia de Lourosa.

II DIVISÃO

SÉRIE C.1-Nada de novo em relação aos três primeiros. A LAAC, em casa, sentiu algumas dificuldades para levar de vencida o Sosense. As condições climatéricas dificultaram a ação dos jogadores, situação que aconteceu por toda a Bairrada. Oiã e Famalicão alcançaram o mesmo resultado (5-1). Os oianenses foram a Paredes do Bairro e, pelos números finais, venceram com relativa facilidade, depois de dois jogos menos conseguidos.
O Famalicão, em casa, não teve contemplações para com o vizinho Aguinense, mantendo-se a um ponto dos líderes, Oiã e LAAC. A mão cheia de golos permitiu à equipa de Mário Júlio somar 38 golos, o melhor ataque do campeonato.
Numa jornada de dérbis, o Mamarrosa foi a Águas Boas surpreender o conjunto local, que assim perdeu a oportunidade de subir ao 5.º lugar. O Luso voltou a perder, desta vez no terreno do CRAC, e viu os três primeiros distanciarem-se ainda mais na classificação. A diferença é agora de 7 pontos.
No outro dérbi, mas do concelho de Anadia, o Ribeira/Azenha levou a melhor sobre o Couvelha. A equipa de Lampadinha ainda esteve em vantagem, mas na segunda parte os ribeirenses deram a volta ao resultado.
Em clara subida de rendimento, depois de um início de campeonato titubeante, o Carqueijo ganhou em casa ao Requeixo, naquela que foi a terceira vitória consecutiva da equipa comandada por José Alberto.
Ambos os campeonatos distritais regressam dia 30. Nesta quadra, aproveito para desejar a todos os intervenientes do espetáculo futebolístico, um santo e feliz Natal.