Numa jornada em que o Beira-Mar de Augusto Semedo derrotou o líder Esmoriz e deu mais vida aos primeiros lugares da classificação, o Oliveira do Bairro, na estreia de Carmindo Dias como treinador, empatou a um golo no terreno do Alba.
Os bairradinos chegaram à vantagem a cinco minutos para os noventa, mas, no período de compensação, deixaram fugir a vitória, que mereciam, por aquilo que fizeram ao longo da partida.
Em casa, o Mealhada sofreu pesada derrota (6-0) frente ao União de Lamas. A equipa de Luís Simões continua mergulhada no último lugar, apenas com quatro pontos e muito dificilmente evitará a descida de divisão para a nova 1.ª Divisão.

II DIVISÃO

SÉRIE C. 1-No jogo grande da jornada e com o aliciante do Mourisquense, depois da saída de Carmindo Dias para o Oliveira do Bairro e da estreia de Pedro Moniz (fez o sentido inverso), ter a possibilidade de encurtar distâncias para o líder Vista Alegre, tal não aconteceu.
Os vidreiros venceram pela margem mínima (0-1) e reforçaram ainda mais a sua liderança, sendo agora de 11 pontos para os Pilatos.
Quem se aproximou do segundo lugar foi o Fermentelos que, no dérbi concelhio, goleou a LAAC, agora comandada por Artur Rabiça, depois da saída de Afonso Marques. A diferença é de apenas dois pontos.
No quarto lugar aparece o Oiã que, em casa, derrotou o Sosense.
Quem parece estar a perder gás na luta pelos quatro primeiros lugares é o Estarreja B, que empatou no reduto do Requeixo.
Numa partida recheada de golos, o Águas Boas perdeu por 4-3 no tereno do Pessegueirense.
Em mais um dérbi concelhio, o Valonguense foi ao vizinho Macinhatense vencer, continuando a equipa de Macinhata cada vez mais última na classificação.

SÉRIE D. 1-Se na Série C o Vista Alegre não dá hipóteses à concorrência, o mesmo se aplica na D com o Famalicão. A equipa de Lampadinha venceu no terreno do Carqueijo (parece a estar a perder terreno e já é quarto classificado) e manteve os oito pontos de vantagem para o Calvão, que se viu em palpos de aranha para vencer o Antes (1-0).
Logo atrás vem a Juve Force, que não teve contemplações na casa do vizinho CRAC, impondo-lhe uma goleada (1-6).
O Bustos mantém-se na luta, depois da magra vitória (1-0) em casa sobre o Paredes do Bairro.
O Mamarrosa derrotou fora, o Ribeira/Azenha, e relegou os ribeirenses para o último lugar, fruto da vitória do Aguinense no terreno do Santo André. Os guinatos já não venciam há oito jogos.
Depois de ter vencido no início deste mês o Ribeira/Azenha, o VN Monsarros voltou a ganhar em casa, desta vez ao Luso, que averbou a quarta derrota consecutiva.

TAÇA DO DISTRITO

1-Domingo os principais campeonatos da Associação de Futebol de Aveiro sofrem uma paragem, para dar lugar à 3.ª eliminatória da Taça Distrito de Aveiro.
Um dos destaques vai para o dérbi bairradino, com o Oliveira do Bairro a receber a LAAC. As duas equipas disputam campeonatos distintos, os Falcões têm outro andamento, mas terão de mostrar isso dentro de campo. O favoritismo pertence-lhes.
O Mamarrosa também joga em casa, com o Bustelo, da 1.ª Divisão. Os visitantes, com a entrada de Miguel Oliveira para treinador, têm subido de rendimento, sendo uma das equipas que tem pretensões de chegar longe na Taça. À equipa de Nuno Ferreira resta contrariar a lógica, tal como o Valonguense na receção ao Paivense, equipa também de escalão superior.
O Mealhada volta a jogar em casa com o União de Lamas. Não há jogos iguais, mas os seis golos sem resposta é um forte aviso para os mealhadenses estarem preparados.
A Juve Force mede forças em casa com o Pinheirense e é bem capaz de ser bem-sucedida.
O Antes, em casa, com o Santiais, último da Série B, tem boas probabilidades de seguir em frente. Mais complicada poderá ser a tarefa do Mourisquense em Vale de Cambra.