No Campeonato Safina, o Famalicão saiu, a exemplo do que já tinha acontecido em Alvarenga, goleado de Estarreja e pelo mesmo resultado (4-0 – golos de novo na segunda parte), sendo que o Pampilhosa também lhe marcou quatro golos. É verdade que jogou frente a dois candidatos à subida, mas a vida está difícil para os bairradinos que, a par com a Ovarense, ainda não pontuaram.
Em casa, o Pampilhosa cumpriu com a sua obrigação e derrotou o Alba, numa jornada em que o União de Lamas é o novo líder.
2-O Famalicão vai encontrar pela frente mais um adversário complicado, o São João de Ver. Para pontuar terá de superar-se a si próprio.
O Pampilhosa joga em Fiães e tem boas hipóteses de trazer pontos.
 
I DIVISÃO
1-Após vencer fora o Fermentelos, o Oliveira do Bairro é líder isolado, ao beneficiar do empate do ACRD Mosteirô em Paços de Brandão. Grande início de época da equipa de Tó Miguel.
O Oiã, que até esteve a ganhar, foi goleado em Cucujães e ocupa os lugares de descida, tal como o Carqueijo, que conseguiu os primeiros pontos, ao empatar em casa com o Milheiroense.
O Mealhada caiu com estrondo (3-0) no reduto da Juve Force, enquanto o Calvão voltou a perder em casa, desta vez frente ao Valecambrense. Melhor fez o Mourisquense, que venceu em casa a EF Rui Dolores.
2-Três dérbies bairradinos marcam a jornada 5. O Oliveira do Bairro recebe o Mourisquense, que não perde há três jogos. Se os Falcões continuarem no mesmo estilo, com maiores ou menores dificuldades, chamarão a si a vitória.
O Oiã – Fermentelos é sempre um jogo apetecível para jogadores e adeptos e com muita adrenalina pelo meio. Jogo para tripla.
O Mealhada fará a receção ao Carqueijo. Pelo andamento das duas equipas, os três pontos deverão ficar em casa.
O Calvão não terá vida fácil em Mansores, equipa que apostou na subida e está galvanizada pelo bom início de campeonato.
Já a Juve Force, no reduto do Valecambrense, tem hipóteses de trazer pontos.
 
II DIVISÃO
SÉRIE B. 1-Sortes diferentes para as equipas de Águeda. Em casa, o Valonguense não foi além de um empate com o Santiais.
O Macinhatense, que ainda não pontuou, foi goleado (4-0) no terreno do Macieira de Cambra.
2-A equipa de Macinhata joga fora com o Pinheirense, duas equipas sem pontos. Uma delas irá desatar o nó. O Valonguense mede forças com o Gafanha B e terá de fazer mais do que já fez se quer pontuar.
SÉRIE C. 1-Ao golear fora o VN Monsarros e também pela conjugação de outros resultados, o Bustos assumiu a liderança isolado.
Na estreia no campeonato, o Águas Boas não foi de modas e deu chapa cinco na casa do Sosense.
O Mamarrosa também venceu pela primeira vez, em casa, ao Santo André. Surpresa ou não, o Luso levou a melhor sobre o Antes, tal como a LAAC na receção ao Ribeira/Azenha.
O Paredes do Bairro trouxe os três pontos da casa da Juve Force B e, um ponto ao lado, em Parada de Cima, o Aguinense dividiu os pontos com o CRAC.
2-Em casa, o Bustos, diante da Juve Force B, deverá manter a liderança. O Águas Boas recebe o Aguinense e os pratos da balança deverão pender para os canarinhos.
O Mamarrosa joga no reduto do Sosense. Se os locais não espevitarem, poderão sofrer nova desilusão.
Em casa, o Paredes do Bairro não deverá passar por grandes dificuldades com o CRAC, apesar de jogar frente ao seu público não seja fácil, isto olhando para as estatísticas da época passada e para o empate a abrir o campeonato.
O Ribeira/Azenha recebe o Luso e a divisão dos pontos é um resultado a ter em conta.
Também em casa, o Antes não deverá ter problemas de maior frente ao VN Monsarros.
Mais equilibrado poderá ser o Santo André – LAAC.