A tragédia de Pedrógão Grande impulsionou uma onda de solidariedade como há muito não se via no país. Em Oliveira do Bairro, a professora Lúcia Miranda pensou em organizar um concerto cuja receita revertesse para aquela região, porém, canalizada para os bombeiros de Castanheira de Pêra feridos no incêndio e suas famílias.
Assim, e com a ajuda do músico Tiago Matias, surgiu a campanha “Prá Frente”, que se materializa na próxima sexta-feira, dia 13 de outubro, no Quartel das Artes.
Com artistas “prata da casa”, e como nos adianta Tiago Matias, o contributo é de todos, os que participam e os que assistem. O dinheiro será entregue aos destinatários no momento do espetáculo.

Como surge a ideia de organizar um concerto solidário em prol dos bombeiros feridos no incêndio de Pedrógão?
O desafio foi proposto pela Lúcia Miranda [professora no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro], que me falou na vontade em fazer alguma ação que resultasse num apoio efetivo para as vítimas do incêndio de Pedrógão.
Conversámos sobre o tema nos dias que se seguiram ao incêndio, numa altura em que já estavam a decorrer muitas campanhas em todo o país. Pensámos, por isso, em fazer um evento diferente, em Oliveira do Bairro e com as gentes de Oliveira do Bairro, e essencialmente com um destinatário muito objetivo, no caso, a corporação de bombeiros de Castanheira de Pêra, a que foi diretamente mais afetada.
O concerto é esta sexta-feira, dia 13 de outubro, a partir das 21h30, no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, em Oliveira do Bairro.
Quem está por trás da organização deste concerto?
A Lúcia Miranda e eu próprio. Contámos com a parceria da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro e Quartel das Artes, da Cais do Som e de algumas pessoas que nos ajudaram a levar o projeto em diante, nomeadamente os músicos e técnicos que se disponibilizaram a colaborar na iniciativa.
 
Em que consistirá o concerto e quem são os artistas convidados?
O concerto pretendia, inicialmente, reunir vários grupos e artistas da região. Optámos, entretanto, por um formato diferente, com uma banda de apoio – Cheers – a acompanhar cantores mais ou menos profissionais do nosso concelho: Beatriz Miranda, Carla Mota, Manuel Bôrras, Oriana Pataco e Sandra Morais. No intervalo do concerto serão também vendidos alguns quadros, doados por artistas locais, que se quiseram juntar à campanha.
 
A quem será entregue a receita do concerto?
Numa altura em que se fala muito sobre os problemas na distribuição do dinheiro das várias campanhas públicas sob o tema de Pedrógão, quisemos proceder de uma forma direta, imediata e transparente: no final do espetáculo, as receitas dos bilhetes e venda de quadros será entregue diretamente e publicamente, ao Comandante da Corporação de Bombeiros de Castanheira de Pêra, que estará presente no espetáculo, bem como familiares das vítimas da mesma corporação.
 
Quem quiser adquirir bilhetes, como deve proceder?
Deverá dirigir-se ao Quartel das Artes, Cais do Som ou pelo número 919416516 (Lúcia Miranda).