O Campeonato Nacional de pista realizou-se no passado fim de semana, dias 20 e 21 de janeiro, no Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia.
A competição foi um sinal claro do interesse crescente da comunidade velocipédica nacional pelo ciclismo de pista, registando-se um recorde de participantes, que ascenderam a centena e meia. Os atletas bateram-se pelos 38 títulos nacionais em disputa, nas categorias de elite, juniores, cadetes, masters e paraciclistas, masculinos e femininos.
Há que destacar a prestação “extraordinária” do Clube de Ciclismo da Bairrada na categoria de juniores masculinos, onde foram campões nacionais de perseguição por equipas com os atletas Miguel Sousa, Rodrigo Caixas, Rodrigo Silva e Vinício Rodrigues. Rodrigo Caixas sagrou-se campeão nacional de Omnium e o seu colega Rodrigo Silva foi vice-campeão. Já em Scratch o campeão nacional foi Vinício Rodrigues e o vice-campeão foi Rodrigo Caixas. 
No panorama feminino o Clube de Ciclismo da Bairrada também teve boas prestações na categoria de Cadetes, onde Beatriz Pereira foi vice-campeão em Scratch e na Corrida por Pontos e na categoria de Juniores Joana Vinagre foi 3.º classificada na Corrida por Pontos.
Nas restantes prestações dos corredores da formação da Bairrada, Vinício Rodrigues foi 5.º classificado em Omnium no escalão de juniores. Em Scratch, Miguel Sousa obteve a mesma classificação.
Na Corrrida por pontos, Rodrigo Silva foi 3.º classificado; Rodrigo Caixas (12.º) e Vinício Rodrigues (21.º).
Em Scratch juniores femininas, Joana Vinagre alcançou a 4.ª posição e Sara Neves, a 5.ª, ela que ficou em 4.º lugar na Corrida por pontos.
Marisa Ferreira, em cadetes, nas disciplinas Scratch e Corrida por pontos, foi 4.ª e 8.ª classificada, respetivamente.
Destaque ainda para a bairradina, natural de Escapães- Cantanhede, Soraia Silva (Sopela Team- equipa do World Tour feminino) que conquistou a prata no nacional de Omnium, Scratch e Corrida por Pontos.
Henrique Queiroz, treinador da equipa do Clube de Ciclismo da Bairrada, fez um balanço da prestação dos seus corredores neste campeonato nacional de pista, referindo que “a equipa esteve muito bem, este era um dos objetivos da época, trabalhámos muito para o conseguir e deu certo. Estão de parabéns os atletas e também os seus pais pelo esforço que fazem por eles”, acrescentando que “agora vamos começar a trabalhar mais na estrada para no dia 24 de fevereiro estarmos bem na prova de abertura em Espanha (Dom Benito)”. Henrique Queiroz deixou uma palavra de agradecimento aos patrocinadores e à direção do clube, que tudo têm feito pela equipa, deixando ainda uma palavra “ao nosso município e dizer que estamos todos juntos para que Anadia seja a Cidade Europeia do Desporto 2020”.
O ciclismo de pista regressa a Sangalhos para a 2.º prova da Taça de Portugal de Pista, Critério Alves Barbosa, já no próximo dia 10 de fevereiro.