As obras de requalificação das escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico de Vila Nova de Monsarros e de Aguim, no concelho de Anadia, foram inauguradas, na segunda-feira, dia 19 de fevereiro, em cerimónias presididas pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues. No entanto, a edil Teresa Cardoso, aproveitaria esta deslocação do ministro para tecer algumas críticas em relação à atuação da tutela relativamente aos edifícios da EB 2/3 e Secundária de Anadia, entretanto desativados e votados ao mais completo abandono.

“Enquanto a Câmara Municipal vai investindo na requalificação do património escolar, o Estado tem em total desprezo e abandono duas instalações – o antigo ciclo preparatório e a antiga Secundária. Não depende agora de qualquer decisão do seu Ministério, é certo, mas enquanto governante poderá reforçar e sensibilizar para este dossiê que parecendo de simples decisão e da maior urgência na resolução, tarda no entendimento que poderia haver com esta autarquia, que sempre manifestou vontade e disponibilidade em ajudar a ultrapassar”, salientou Teresa Cardoso, que admitiu sentir-se “agradavelmente surpreendida” pela aceitação do convite, uma vez que em causa não estava a inauguração de grandes infraestruturas, como aconteceu num passado recente com a inauguração dos quatro Centros Escolares, e que tiveram elevada comparticipação no anterior quadro comunitário. A edil não deixou de lamentar ainda que relativamente à grande infraestrutura que é a Escola Básica e Secundária de Anadia, um investimento de muitos milhões de euros, nunca tenha sido inaugurada ou merecido a visita de qualquer membro do Governo.

Leia a reportagem completa na edição de 22 de fevereiro de 2018 do Jornal da Bairrada