Face às más condições do relvado do Estádio Municipal de Aveiro, o jogo Beira-Mar – Famalicão, foi adiado para o próximo dia 28 (uma quarta-feira), às 20h.
Contra as expetativas, o Pampilhosa cedeu dois pontos em casa após o nulo diante do Paivense .
2-O Famalicão fará a receção ao Bustelo, um jogo que não se adivinha fácil para o conjunto bairradino, face ao quinto lugar do adversário.
A equipa de Davide Dias (ainda não ganhou desde que assumiu o comando técnico) tem o cerco da descida cada vez mais apertado.
O Pampilhosa desloca-se ao terreno do União de Lamas, atual terceiro classificado, e também não terá pela frente um adversário fácil.
 
I DIVISÃO
1-O Oliveira do Bairro continua a sua caminhada triunfal sem derrotas. Mais uma vitória, em casa, contra o Mosteirô FC, e tem as portas entreabertas rumo à subida.
O Oiã claudicou em casa frente ao Mourisquense, adversário que continua na peugada dos lugares de subida (está a um ponto do Mansores, terceiro classificado, e a três do segundo, o S. Vicente Pereira). Excelente época até ao momento da equipa de Pedro Moniz.
O Fermentelos, no terreno da ACRD Mosteirô, sofreu a sexta derrota consecutiva e dez jogos sem ganhar. Preocupante sem dúvida.
Depois de quatro jogos sem perder, o Mealhada foi surpreendido em casa pelo aflito Milheiroense. Uma vitória que deixou mais sós Calvão e Carqueijo nos últimos dois lugares. O primeiro perdeu no terreno da EF Rui Dolores e o segundo no reduto do Valecambrense.
A Juve Force não teve pernas para o Mansores e saiu goleada (4-0).
2-O Oliveira do Bairro desloca-se a Calvão. Luís Pinho ainda não arranjou o “remédio” para sair da zona de descida e não deverá ter varinha mágica para contrariar o favoritismo dos Falcões.
No terreno do Mosteirô FC, o Oiã é bem capaz de ser bem-sucedido, isto se jogar aquilo que sabe.
Já o Fermentelos, em casa, terá pela frente um osso duro de roer contra o Macieirense, que luta pela subida. Os Pimpões têm mais seis pontos da primeira equipa a descer e terão de fazer pela vida.
Também em casa, o Mealhada joga com o S. Vicente Pereira, segundo classificado, e terá de fazer melhor do que no último jogo caso queira pontuar. O Carqueijo também terá vida difícil na receção ao Mansores, o Mourisquense, em casa, diante da ACRD Mosteirô, terá de ser igual a si próprio frente a um adversário que vem de três vitórias seguidas. A Juve Force é favorita na receção à EF Rui Dolores.
 
II DIVISÃO
SÉRIE B. 1-Com o Macinhatense de folga (desceu para quinto lugar), o Valonguense venceu no Requeixo e continua no segundo lugar.
Na próxima ronda, os canarinhos recebem o Macieira Cambra, que luta também pela subida, num jogo de grau de dificuldade elevado.
O Macinhatense deverá vencer  no terreno da Ovarense B, penúltimo da tabela.
SÉRIE C. 1-O Antes continua imparável ao golear fora o Paredes do Bairro e está cada vez mais perto da subida. A equipa está a nove pontos do Bustos, que perdeu em casa com o Águas Boas e viu a LAAC (venceu no Luso) aproximar-se do segundo lugar. A diferença é de dois pontos.
O Santo André não teve problemas em vencer fora o CRAC. Mamarrosa e Sosense também ganharam fora, em VN Monsarros e no reduto da Juve Force B, respetivamente.
Depois de cinco derrotas seguidas, o Aguinense venceu o Azenha.
2-Antes – Bustos domina a jornada. Os locais estão moralizados e tudo farão para continuar na senda das vitórias. Os bustoenses estão pressionados e podem perder o segundo lugar para a LAAC, que é favorita na receção ao VN Monsarros.
No Águas Boas – Luso prevê-se um jogo equilibrado, tal como no Ribeira/Azenha – Paredes do Bairro.
O fator casa joga a favor do Mamarrosa diante da Juve Force B, prevendo-se o mesmo nos jogos Santo André – Aguinense e Sosense – CRAC.