Depois de um empate e de nove derrotas consecutivas, o Famalicão voltou a vencer no Campeonato Safina. Foi em casa diante do também aflito Ovarense, com o golo da vitória a surgir nos últimos minutos, num jogo que ficou ainda marcado pela invasão de campo de alguns adeptos vareiros. Vitória que permite aos bairradinos continuar a sonhar com a manutenção.
Também em casa, o Pampilhosa cumpriu a sua obrigação e derrotou o Esmoriz por 1-0.
2-O Famalicão joga no reduto do Alba, adversário que está tranquilo na tabela, sendo mais uma final para a equipa de Davide Dias.
Por seu turno, o Pampilhosa joga em Avanca, num jogo que se prevê equilibrado.
 
I DIVISÃO
1-O Oliveira do Bairro, em casa, cedeu dois pontos frente à Juve Force, mas continua confortavelmente instalado no primeiro lugar.
O Mourisquense venceu fora a um adversário direto (Macieirense) e isolou-se no segundo lugar.
Quem também venceu fora foi o Mealhada, no reduto do Valecambrense, enquanto o Fermentelos, depois de estar a ganhar em Paços de Brandão, acabou por ceder.
Oiã e Calvão não foram além de um nulo, e o Carqueijo foi goleado no terreno da EF Rui Dolores.
2-O Oliveira do Bairro joga (15h) na casa do último, o Carqueijo, e não deverá ter problemas de maior para vencer, sucedendo o mesmo ao Mourisquense na receção ao Paços de Brandão.
Em casa, o Fermentelos tem todas as condições para levar a melhor sobre o Cucujães. O Oiã joga na casa da Juve Force e não o espera facilidades, tal como o Mealhada, que joga contra o Mansores, que luta pela subida de divisão.
O Calvão recebe a ACRD Mosteirô e está obrigado a ganhar.
 
II DIVISÃO
SÉRIE B. 1-Depois de três semanas de paragem, o campeonato regressa e entra na sua reta final (faltam cinco jornadas). O Valonguense lidera com um ponto a mais do Beira-Vouga e quatro do Gafanha B. A equipa de Arrancada do Vouga joga no reduto do Pinheirense, que está a sete pontos da liderança e ainda não atirou a toalha ao chão, sobretudo pela luta pelo segundo lugar que dá acesso ao playoff. Por isso não se adivinha um jogo fácil para os aguedenses.
O Macinhatense, que chegou a ser líder (está a sete pontos), já não vence há três jogos, mede forças com o Santiais em casa. Pelo comportamento de ambas as equipas, a vitória não deverá fugir aos locais.
SÉRIE C. 1-Com a vitória frente ao VN Monsarros (4-0), em jogo em atraso da 15.ª jornada, o Bustos recuperou o segundo lugar, mas continua longe da liderança (9 pontos) que é ocupada pelo Antes.
A equipa do concelho da Mealhada caminha a passos largos para a subida de divisão, mas este fim de semana terá um jogo complicado com a receção ao Águas Boas, que ainda não desistiu do playoff. A pressão está do lado da equipa de Nuno Ferreira, por vezes capaz do excelente e do médio.
Em casa, o Bustos diante do Ribeira/Azenha não deverá ter dificuldades de maior para somar os três pontos, isto desde que não subestime o seu adversário.
O mesmo se aplica à LAAC, que também continua na luta pelo segundo lugar, na deslocação ao terreno da Juve Force B.
O Paredes do Bairro recebe o Santo André, quinto classificado, que pretende alcançar a sua melhor classificação de sempre. A divisão dos pontos é o cenário mais plausível.
O Mamarrosa tenta subir mais uns degraus na classificação (8.º lugar) e defronta fora o CRAC, adversário que nos últimos cinco jogos só venceu um. A equipa de Jorge Rameiras tem hipóteses de pontuar.
Com a mudança de treinador, o Aguinense começou por pontuar. Recebe o Sosense, num jogo que pode cair para os dois lados, mas apostamos na divisão dos pontos.
O VN Monsarros, que ainda não venceu no seu novo relvado sintético, recebe o Luso, capaz do melhor e do pior. Pela rivalidade, será um jogo intenso.