Em mais uma jornada do Campeonato Safina, o Famalicão perdeu (3-0) sem apelo nem agravo no terreno do Alba e, face aos outros resultados de quem luta pela manutenção, voltou a descer ao último lugar da classificação. Continua, assim, muito complicada a vida para os bairradinos.
A perder por dois golos sem resposta em Avanca, o Pampilhosa, no período de descontos, conseguiu evitar a derrota, numa jornada em que o Lourosa caminha a passos largos para a subida de divisão.
2-Em casa, o Famalicão tem mais uma final pela frente com o Fiães. Está, como tem estado há várias jornadas atrás, proibido de perder.
Também em casa, o Pampilhosa, diante do aflito Canedo, tem tudo para garantir os três pontos.
 
I DIVISÃO
1-Frente ao último classificado, o Carqueijo, o Oliveira do Bairro venceu com relativa facilidade (4-1) e continua firme na liderança, ganhando terreno para o terceiro classificado (sobem os três primeiros), o Mansores, que não foi além de um nulo na Mealhada.
O Mourisquense também continua em grande, segurando o segundo lugar após mais uma vitória, em casa frente ao Paços de Brandão.
O Fermentelos regressou às vitórias em casa ao vencer o Cucujães, sucedendo o mesmo à Juve Force, que ganhou ao Oiã, mostrando os vaguenses de novo a sua fortaleza no seu terreno.
Destaque para a vitória em casa do Calvão depois da saída de Luís Pinho como treinador. Aconteceu frente à ACRD Mosteirô.
2-Este sábado, às 16h30, o Oliveira do Bairro fará a receção ao Milheiroense. Em dia dos festejos do seu 96.º aniversário, e frente a um adversário que está na zona de descida, a vitória deverá ser uma realidade.
No domingo, o Mourisquense defronta fora o Cucujães e o bom momento dos Pilatos confere-lhe total favoritismo, tal como o Oiã em casa com o Carqueijo. Face à posição do seu adversário, os três pontos não lhe devem fugir.
O Fermentelos tem uma deslocação complicada ao terreno do S. Vicente Pereira, adversário que ainda não atirou a toalha ao chão na luta pela subida. O mesmo se aplica ao Calvão no reduto do Macieirense.
O Mealhada tem boas hipóteses de pontuar na casa da EF Rui Dolores. O mesmo não se poderá dizer da Juve Force na casa da ACRD Mosteirô.
 
II DIVISÃO
SÉRIE B. 1-Mudança de líder. Ao perder na casa do Pinheirense, o Valonguense perdeu a liderança para Beira-Vouga e Gafanha B.
Já o Macinhatense regressou às vitórias ao bater em casa o Santiais.
2-Em casa, o Valonguense tem tudo para vencer o Válega. Mais complicada será a tarefa do Macinhatense na Gafanha.
SÉRIE C. 1-O líder Antes teve que se empregar a fundo para vencer em casa o Águas Boas. O Bustos, em casa, e a LAAC fora, golearam o Ribeira/Azenha e Juve Force B, respetivamente, e continuam no segundo e terceiro lugares.
Com a vitória em Paredes do Bairro, o Santo André subiu ao quarto lugar.
Aguinense e Sosense dividiram os pontos (1-1), assim como no CRAC – Mamarrosa, aqui sem golos.
O VN Monsarros voltou a não pontuar no seu novo relvado sintético, ao perder com o Luso.
2-O Antes não deverá ter problemas de maior na Azenha. Já o mesmo não se aplica ao Bustos na casa do Santo André, onde terá jogo complicado. A LAAC, em caso de vitória, ficará à espreita,  caso vença, na receção ao CRAC, para subir à segunda posição. E o Antes até pode fazer a festa da subida, caso o Bustos perca.
Em casa, o favoritismo recai todo para o lado do Águas Boas com a visita do VN Monsarros, sucedendo o mesmo com o Luso, também em casa, frente à Juve Force B.
O Mamarrosa, em casa, deverá pontuar frente ao Aguinense.
No Sosense – Paredes do Bairro, pelo equilíbrio na classificação, o empate encaixa-se que nem uma luva no desempenho de ambas as equipas até ao momento.