Depois de vencer fora na última jornada, em Fiães, o Oliveira do Bairro voltou a jogar fora, contra o Alba, e somou a segunda vitória consecutiva, pelo mesmo resultado, 2-1. Seis pontos seguidos colocaram os Falcões no oitavo lugar.
O Pampilhosa caiu com estrondo em Estarreja, naquela que foi a primeira derrota dos ferroviários, e logo por 5-0. Há tardes assim!
Em casa, o Mourisquense, que esteve a perder 2-0 ao intervalo, levou a melhor sobre o São João de Ver (3-2), constituindo a primeira vitória para a equipa de Pedro Moniz.
2-Prevê-se uma jornada tranquila para as equipas bairradinas. O Oliveira do Bairro fará a receção ao Paivense, que está mal classificado e, perante opositor que luta também pela manutenção, é importante vencer e dar sequência às duas vitórias consecutivas.
O Pampilhosa também joga em casa com um dos últimos, o Avanca, e tem tudo para limpar a má imagem deixada em Estarreja.
O Mourisquense joga na casa do Fiães, que vem de duas derrotas seguidas e está em zona de despromoção. É jogo para pontuar.
 
I DIVISÃO
1-O Fermentelos derrotou o líder Valecambrense e originou que três equipas (Ovarense, S. Vicente Pereira e Argoncilhe) repartam a liderança. Quem ficou a dois pontos daquele trio foi o Mealhada, que derrotou em casa o Canedo.
O Famalicão regressou às vitórias e logo fora, em Paços de Brandão.
Também fora, na casa do Gafanha B, o Antes alcançou a segunda vitória consecutiva, graças e um golo marcado nos últimos minutos por Cristiano.
A Juve Force voltou a perder em casa com o Argoncilhe. A fortaleza de jogar em casa na época passada parece que se desvaneceu.
O jogo entre o Oiã e ACRD Mosteirô, devido aos estragos registados pela passagem da tempestade ‘Leslie’, foi adiado.
2-Dois dos líderes jogam entre si, o outro, o Argoncilhe, recebe o Mealhada, que espreita aproximar-se ainda mais do topo da classificação. Jogo para tripla.
O Fermentelos tem jogo complicado em Canedo, mas tem hipóteses de pontuar. Difícil será também a vida para o Oiã no reduto do Valecambrense, candidato assumido à subida de divisão.
Em casa, Famalicão e Antes, frente a Gafanha B e Mosteirô FC, respetivamente, face à classificação dos seus adversários, têm tudo para somar os três pontos.
O mesmo não se aplica à Juve Force na casa do Arrifanense. Apostamos na divisão dos pontos.
 
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-Bustos, LAAC e CRAC, até ao momento, não dão hipótese à concorrência. O primeiro recebeu e venceu o Aguinense por 3-0; a equipa de Aguada de Cima “esmagou” fora o Carqueijo por 5-0, e a equipa de Luís Santos também ganhou fora, no reduto do Valonguense. Prometem que são candidatos à subida.
O Águas Boas regressou às vitórias na casa do Bom Sucesso. Quem também ganhou fora foi o Vaguense, no terreno do Ribeira/Azenha.
O Paredes do Bairro alcançou a primeira vitória, em casa, frente ao Mamarrosa e, no dérbi do concelho de Vagos, Santo André e Calvão não passaram do nulo.
A Juve Force B foi surpreendida em casa pelo Pessegueirense.
O jogo VN Monsarros – Luso foi adiado devido ao mau tempo que provocou estragos numa vedação atrás de uma das balizas, o que podia colocar em causa a segurança dos jogadores.
2-O Bustos não vai ter tarefa fácil no terreno do Pessegueirense, o mesmo não deverá acontecer com LAAC e CRAC, que jogam em casa contra Ribeira/Azenha e Bom Sucesso, respetivamente, onde são claramente favoritos.
O Águas Boas tem tudo para somar o primeiro triunfo em casa frente ao Carqueijo. Também em casa, o Luso é favorito diante da Juve Force B, prevendo-se o mesmo com o Vaguense na receção ao VN Monsarros. O equilíbrio poderá tomar conta das partidas Mamarrosa – Valonguense, Sosense – Paredes do Bairro e Aguinense – Santo André.