Depois de ter perdido na segunda jornada, em Mansores, o Oliveira do Bairro, nas quatro deslocações fora, venceu, mas, no sexto jogo fora de portas, acabou por perder, em Estarreja, já nos últimos minutos.
Nada que belisque a boa campanha da equipa cumpridas que estão 11 jornadas e o sétimo lugar na classificação com 19 pontos.
Em casa, o Pampilhosa, frente ao Vista Alegre, única equipa sem vitórias, somou a quarta vitória consecutiva e subiu ao quarto lugar.
Quem continua a desiludir é o Mourisquense, que mesmo com a mudança de treinador não consegue pontuar. Mais uma derrota, no terreno do Carregosense, e o último lugar na classificação.
 
I DIVISÃO
1-Os quatro primeiros registaram empates. Mealhada e São Vicente Pereira jogaram entre si, registando-se uma igualdade a dois golos, com os bairradinos a evitarem a derrota no período de descontos, falhando assim a possibilidade de encurtar distâncias para o líder.
O Cucujães também não passou em Fermentelos (1-1), com os locais a justificarem outro resultado, e a Ovarense esteve muito perto de festejar na casa da Juve Force, mas os locais empataram nos descontos.
Em casa, o Oiã tirou a barriga de misérias e goleou o Famalicão (6-1), ficando mais tranquilo na classificação (11.º), ao contrário do seu adversário que continua mergulhado nos lugares de descida de divisão.
O Antes trouxe excelente ponto do terreno da ACRD Mosteirô, um dos candidatos à subida de divisão, numa jornada marcada por cinco empates.
 
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-O CRAC continua a ditar leis e a fazer estragos. Frente a um adversário direto na luta pela subida de divisão, foi a Bustos vencer o conjunto local. A equipa de Daniel Santos atrasou-se em relação aos dois primeiros, pois a LAAC também ganhou fora, em Calvão.
O Mamarrosa somou a quarta vitória consecutiva no reduto da Juve Force B e subiu ao quarto lugar, por troca com o Águas Boas, que sofreu a terceira derrota seguida no terreno do Santo André. A subir de forma está também o Paredes do Bairro (já não perde há seis jogos) ao golear no reduto do Ribeira/Azenha, que continua último. Mal também está o Aguinense, que foi derrotado em casa pelo Vaguense, enquanto o VN Monsarros não desperdiçou o fator casa e ganhou ao Sosense.
O Luso empatou a dois golos no terreno do Pessegueirense e o Carqueijo foi goleado em casa pelo Valonguense por 4-0.
 
TAÇA DO DISTRITO
1-Domingo disputa-se a 2.ª eliminatória da Taça Distrito de Aveiro. O Oliveira do Bairro vai a Vista Alegre onde vai encontrar um adversário num momento crítico e tem boas condições de seguir em frente.
Bem no campeonato, Mamarrosa e Mealhada têm tudo para proporcionar um bom espetáculo, num jogo onde a maior experiência poderá ditar leis.
Em mais um dérbi bairradino, o Pampilhosa, em casa, é favorito diante do Oiã. O Águas Boas joga no terreno do CRAC. O seu mau momento de forma pode dar trunfos aos homens de Parada de Cima.
O Bustos recebe o Mosteirô FC, onde o fator casa poderá ser determinante, sucedendo o mesmo com a LAAC na receção ao Luso.
O Fermentelos volta a Canedo, onde para o campeonato empatou a um golo. Os bairradinos têm uma palavra a dizer. O Vila Nova de Monsarros com toda a certeza vai encontrar dificuldades em Cucujães, assim como o Antes, em casa, diante do Avanca, adversário de outro escalão.
O Beira-Mar, detentor do troféu, recebe o Ribeira/Azenha, num jogo entre David e Golias.
Interessante será o dérbi concelhio que vai opor a Juve Force  e o Calvão. Jogo para tripla.
A jogar assim, o Famalicão não deve resistir ao Paivense. Vaguense e Santo André, em casa, frente a Valonguense e Real Nogueirense, são favoritos. O Mourisquense, diante do Macieirense, terá de fazer melhor do que no campeonato para passar.