Para o Campeonato SABSEG, o Oliveira do Bairro continua a marcar passo nos jogos fora. No terreno do Paivense saiu vergado a pesada derrota (5-2), mas continua tranquilo na classificação.
O Pampilhosa conquistou preciosa vitória em Avanca e subiu ao quarto lugar. Bem pior está o Mourisquense, que sofreu mais uma derrota em casa, frente ao Fiães e, com o espectro de descerem cinco equipas, a sua tarefa parece que já está traçada.
2-O Mourisquense é o próximo adversário do Oliveira do Bairro. Os Falcões jogam em casa e podem aproveitar esse fator, mas terão de ser iguais a si próprios para garantir a vitória.
O Pampilhosa recebe o União de Lamas. Em discussão está o terceiro lugar, os visitantes têm mais três pontos, e aos ferroviários só interessa a vitória.
 
I DIVISÃO
1-Tirando o Famalicão, o que já é normal, em mais uma goleada na Gafanha; da derrota em casa do Fermentelos diante do candidato Canedo, a jornada foi bastante proveitosa para as outras equipas bairradinas. O Oiã não desperdiçou o fator casa e derrotou o Valecambrense, tal como Mealhada, que regressou aos triunfos frente ao Argoncilhe na estreia de Bruno Domingos como treinador, ele que deixou a sua marca no futebol feminino do Ferreirense.
Frente a um candidato direto na luta pela manutenção, o Antes alcançou excelente vitória no terreno do Mosteirô FC, e a Juve Force, depois de sete derrotas consecutivas, regressou aos triunfos à custa do Arrifanense.
2-Prevê-se uma jornada complicada. O Oiã joga em Canedo, adversário que está na zona de subida e que atravessa excelente momento. Os bairradinos tudo farão para contrariar o favoritismo dos locais.
O Mealhada joga fora com o Arrifanense e não pode vacilar para não perder a carruagem dos primeiros.
O Fermentelos tem osso duro de roer em Argoncilhe, onde mora um candidato à subida. Em casa, o Famalicão joga com outro aflito, o Mosteirô FC. Conseguirá pontuar?
No Antes – Juve Force, é um jogo que pode valer mais do que três pontos.
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-O feriado de Carnaval serviu para colocar em dia as contas da 13.ª jornada. A LAAC venceu na casa do Vaguense (1-0) e o CRAC goleou fora o Pessegueirense (4-1). O Bustos, em casa, depois de estar a perder com o Valonguense, deu a volta ao resultado (2-1). O Paredes do Bairro também esteve em vantagem em Santo André, mas acabou derrotado (3-1).
Na despedida de Luís Pinho como treinador (assume o adjunto, Ricardo Branco), o Mamarrosa goleou fora o Aguinense por 5-1.
Na jornada de domingo, a LAAC não teve problemas para golear na casa do Azenha e aproveitou o empate do CRAC no Bom Sucesso para reforçar a liderança, agora de 10 pontos.
Em casa, o Bustos somou a sétima vitória consecutiva frente ao Pessegueirense, e fruto da folga do Calvão, ascendeu ao terceiro lugar.
Num percurso notável, o VN Monsarros averbou a sexta vitória seguida em casa frente ao Vaguense.
O Mamarrosa foi derrotado na casa do Valonguense e o Águas Boas goleado no Carqueijo.
Num jogo recheado de emoção, Paredes do Bairro e Sosense empataram a quatro golos; o Aguinense voltou às vitórias em Santo André e a Juve Force B levou a melhor sobre o Luso.
2-Face ao excelente momento do VN Monsarros, a LAAC, mesmo jogando em casa, terá de ter cuidados redobrados. À partida, o CRAC não deverá ter dificuldades para bater o Carqueijo.
Pela irregularidade do Luso, o Bustos é bem capaz de não meter água.
No Mamarrosa – Bom Sucesso prevê-se um jogo equilibrado, o mesmo não se poderá dizer do Águas Boas na receção ao Ribeira/Azenha.
Em casa, o Aguinense tudo fará para contrariar o maior poderio do Calvão e, no dérbi do concelho de Vagos, o Vaguense tem boas hipóteses de regressar aos triunfos diante da Juve Force B.
O Sosense recebe o Valonguense. Os visitantes estão melhor classificados, mas a nossa inclinação vai para a divisão dos pontos.
Num jogo entre equipas do fundo da tabela, o Pessegueirense fará a receção ao Santo André. Empate em perspetiva!
O Paredes do Bairro folga.