Como era mais ou menos expectável face à excelente campanha que está a realizar, o Beira-Mar levou a melhor sobre o Oliveira do Bairro, num jogo que ficou decidido na primeira parte. Os Falcões deram um ar da sua graça na segunda parte, mas já não foram a tempo de virar o resultado.
O Pampilhosa “encalhou” em Esmoriz e desceu para a quinta posição, naquela que foi a primeira derrota de Bruno Conceição como treinador.
O Mourisquense baqueou de novo em casa frente ao Paivense e a descida de divisão parece uma realidade indesmentível. É último, apenas com 7 pontos. E quando podem descer 5 equipas!
2-O Oliveira do Bairro joga este sábado, às 16h, no dia que celebra 97 anos. Fará a receção ao Carregosense e, com maior ou menor dificuldade, deverá somar os três pontos.
O Pampilhosa recebe o aflito Alvarenga e tem tudo para regressar aos triunfos. Mais complicada será a tarefa do Mourisquense, em casa, diante do Alba. Os jogadores têm sido dignos, mas os resultados não aparecem.
 
I DIVISÃO
1-No dérbi concelhio, o Mealhada levou a melhor sobre o Antes e, com a derrota do Canedo, encurtou distâncias (4 pontos) para o quarto lugar. A equipa agora comandada por Bruno Domingos continua a acreditar na subida de divisão.
No regresso de Fernando Silva como treinador, o Fermentelos brilhou ao golear o Arrifanense. Estreia em grande.
Em casa, o Oiã não foi além de um nulo frente ao Argoncilhe e continua tranquilo na classificação.
A Juve Force tirou a barriga de misérias e goleou em casa o Famalicão por 5-0 e continua a acreditar na manutenção, o que não acontece com o seu adversário, cada vez mais último.
2-Jornada com dois dérbi. O Mealhada joga na casa do Famalicão e não deverá ter problemas de maior para chamar a si a vitória.
O Antes recebe o Fermentelos e tudo pode acontecer. Os locais estão mais pressionados na luta pela manutenção; os Pimpões ganharam novo estofo com a mudança de treinador.
O Oiã desloca-se ao terreno do Arrifanense. Os locais não têm boas memórias da Bairrada e no final podem manter esse estado de espírito, pois apostamos na divisão dos pontos.
A Juve Force terá jogo complicado em Cucujães. Os locais estão no terceiro lugar, não perdem há nove jogos, são  fortes em casa e são favoritos.
 
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-Nada de novo nos primeiros cinco classificados. Na casa da Juve Force B, a LAAC, que mantém a liderança confortável (7 pontos) para o CRAC, goleou por 8-2.
O segundo, o CRAC, não teve grandes dificuldades para vencer na casa do Ribeira/Azenha. Mais complicada foi a tarefa do Bustos na receção ao Vaguense, mas os três pontos acabaram por ficar em casa com a vitória por 1-0.
Também em casa, o Calvão não teve problemas para golear o Pessegueirense (4-0), e o quinto classificado, o VN Monsarros, ganhou em casa o Águas Boas.
Ao vencer em casa o Paredes do Bairro, o Valonguense ascendeu à sexta posição, e logo atrás vem o Mamarrosa que trouxe um ponto do Carqueijo, após o nulo final.
Destaque para a vitória do Sosense no terreno do Bom Sucesso e para a chuva de golos no Santo André-Luso, com a vitória a sorrir aos locais por 5-3.
2-O jogo de cartaz é LAAC-Bustos, primeiro contra terceiro. A equipa de Nuno Lourenço tudo fará para contrariar o favoritismo dos aguadenses.
Em casa, o CRAC terá de ser igual a si próprio para se desenvencilhar do VN Monsarros, e o Calvão tem boas perspetivas para pontuar no Luso.
Em casa, o Mamarrosa deverá levar a melhor sobre o último classificado, o Ribeira/Azenha, enquanto o Águas Boas, também em casa, é favorito diante da Juve Force B.
O equilíbrio poderá marcar o Paredes do Bairro – Bom Sucesso e o empate não é de descurar.
No dérbi concelhio, o Vaguense recebe o Santo André e a vitória é bem capaz de pender para os locais.
Em casa, o Sosense vai tentar dar sequência à última vitória. Vamos ver se o Carqueijo estará pelos ajustes!
Com um campeonato muito aquém das expetativas, o Aguinense desloca-se ao terreno do Pessegueirense e é bem capaz de não ser bem sucedido.