No último sábado disputou-se a penúltima jornada da 2.ª Divisão com praticamente tudo clarificado na Zona Sul. Há muito que a LAAC alcançou a subida de divisão. E talvez a pensar no título distrital, despediu-se dos seus adeptos com um empate a dois golos frente ao Sosense. E subiu para oito pontos de vantagem para o segundo classificado, o CRAC, que folgou nesta jornada.
Com a questão do primeiro classificado na Zona Norte também resolvida, a LAAC vai medir forças com o Pinheirense para discutir o título distrital da 2.ª Divisão, final que se disputa no próximo dia 16 de junho, em local ainda a designar pela Associação de Futebol de Aveiro.
Com uma goleada às antigas, o Calvão, no seu terreno, ganhou ao Ribeira/Azenha por 7-0 e assegurou o terceiro lugar do pódio.
Em casa e no seu último jogo do campeonato, pois na última jornada folga, o Bustos venceu com facilidade a Juve Force B, dando assim uma boa resposta à goleada sofrida na ronda anterior em Vila Nova de Monsarros.
A equipa de Nuno Lourenço manteve o quarto lugar, mas tem à perna o VN Monsarros com menos dois pontos. Os vilanovenses conquistaram a oitava vitória consecutiva no terreno do Santo André e acreditam que é possível subir mais um degrau na classificação.
O Paredes do Bairro perdeu no reduto do Vaguense e perdeu também a sexta posição para o Valonguense. A equipa aguedense venceu na casa do Luso, que continua a desiludir nesta reta final do campeonato.
Depois de sofrer duas goleadas, o Águas Boas tirou a barriga de misérias e venceu o dérbi concelhio frente ao Mamarrosa.
Com uma época para esquecer, o Aguinense foi goleado em casa pelo Carqueijo.
Pessegueirense e Bom Sucesso dividiram os pontos após empate a um golo na casa do primeiro.
2-Este sábado disputa-se a última jornada de um longo campeonto.
A LAAC joga em Paredes do Bairro sem qualquer tipo de pressão, onde o jogo tem mais a dizer aos locais, pois ainda podem terminar o campeonato na sexta posição. Terão de ganhar e esperar que o Valonguense não pontue em casa frente ao Vaguense.
O Calvão joga no terreno do VN Monsarros. A equipa do concelho de Vagos já não sobe nem desce na classificação (já garantiu o terceiro lugar), mas para a formação anadiense, o jogo será uma final para alcançar o quarto lugar e uma das melhores classificações de sempre. Para que isso seja uma realidade terá de ganhar.
Em casa, o Mamarrosa tudo fará para se despedir em beleza do campeonato. É verdade que o seu adversário é de peso, o CRAC, mas a equipa de Jorge Rameiras ainda pode sonhar com a sétima posição.
E o Águas Boas, atual décimo, ainda pode chegar ao oitavo lugar. Em primeiro lugar terá de fazer o seu papel, ganhar na casa do Sosense e esperar que Mamarrosa e Bom Sucesso percam. A equipa de Aradas, à partida, tem um jogo fácil, em casa contra o Luso, adversário que leva oito derrotas consecutivas.
Os dois últimos defrontam-se na Azenha. O Ribeira mede forças com o Aguinense. As duas equipas ficaram muito longe das expetativas. A equipa da cada é capaz de levar a melhor.
Noutro dérbi, mas do concelho de Vagos, a Juve Force B fará a receção ao Santo André e os forasteiros têm condições para amealhar pontos.
O Carqueijo joga em casa com o Pessegueirense disposto a dar a mesma resposta do último jogo em Aguim.
 
TAÇA DO DISTRITO
1-O último fim de semana ficou marcado pelas finais masculina e feminina da Taça Distrito de Aveiro. Em masculinos, o São João de Ver levou a melhor sobre o Fiães por 2-1 e conquistou a primeira taça distrital do seu historial. Agora iá disputar a Supertaça com o Beira-Mar.
Em femininos, foi a Ovarense que levantou o caneco, ao golear o Cucujães por 4-0. Foi também o primeiro troféu para a equipa de Ovar.