Para o Campeonato SABSEG, o Oliveira do Bairro continua a sofrer. Mais uma derrota, desta vez em Bustelo, num jogo com razões de queixa da arbitragem. Hernâni Tomás deixou de ser o treinador e Vítor Rita, técnico dos juniores foi a solução para este jogo, a equipa teve uma prestação completamente diferente.
Em casa, o Pampilhosa não teve dificuldades com o aflito Carregosense, tendo goleado por 4-1.
2-Esta semana, possivelmente, o Oliveira do Bairro já terá treinador, onde o rumo de todos é tirar a equipa da situação (penúltimo lugar) que se encontra.
Os Falcões fazem a receção ao Cesarense, quarto classificado, não se adivinhando um jogo fácil. Urge pontuar para não ver ainda mais os adversários fugir na classificação.
À partida, o Pampilhosa, na casa do último, o Paivense, tem tudo para continuar na senda das vitórias.
 
I DIVISÃO
1-E ao décimo jogo, o Fermentelos cedeu os primeiros pontos. Foi em Paços de Brandão, adversário que está a fazer um bom campeonato, tendo empatado a um golo. Continua líder com mais três pontos do Vista Alegre.
Segue-se o Alvarenga, que venceu no reduto do Calvão, e a LAAC que, na estreia de Augusto Semedo como treinador, derrotou em casa o Arrifanense.
Os quatro primeiros começam a ter alguma margem de conforto, já que o Mourisquense, um dos favoritos, sofreu a segunda derrota na casa da EF Rui Dolores.
Depois de cinco jogos sem perder, o Antes, que até esteve a ganhar, foi goleado em São Roque por 4-1.
O CRAC continua a não acertar o passo, perdeu em casa com o Mansores, e ostenta a lanterna vermelha.
2-Os extremos tocam-se, com o líder Fermentelos a receber o último, o CRAC, jogo em que é favorito.
O Vista Alegre é bem capaz de passar um mau bocado em Antes. Prevê-se um jogo equilibrado e que poderá ser decidido nos detalhes.
Com maior ou menor dificuldade, a LAAC deverá trazer o pleno de pontos de Argoncilhe, adversário que ainda não ganhou em casa.
Sem ganhar há quatro jogos, o Calvão volta a jogar em casa. O adversário é o São Roque e a equipa de Raúl Garcia não pode vacilar de novo diante dos seus adeptos, até porque a sua situação na tabela pede prudência.
Em casa, o Mourisquense não deverá tremer diante do Pinheirense.
 
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-Está ao rubro a classificação entre os seis primeiros, onde a diferença é de apenas três pontos.
A surpresa veio de Bustos, onde o Mamarrosa, ainda sem ganhar no campeonato, aplicou a primeira derrota à Juve Force, líder do campeonato. A equipa de Pontos de Vagos foi apanhada no primeiro lugar pelo Valonguense, que ganhou em casa ao Famalicão.
Quem perdeu ensejo de se isolar na liderança foi o VN Monsarros, que sofreu com estrondo a primeira derrota na Mealhada (6-0).
Um dos beneficiados foi o Águas Boas, que goleou fora o Santo André e subiu ao terceiro lugar.
O Aguinense continua na luta depois do triunfo sobre o vizinho Paredes do Bairro. Quem ficou mais longe dos primeiros lugares (7 pontos dos líderes) foi o Bustos, que sofreu a quarta derrota no terreno do Rocas do Vouga.
O Ribeira/Azenha continua a desiludir ao perder mais uma vez na casa do Vaguense. Carqueijo e Sosense não desperdiçaram o fator casa e venceram o Bom Sucesso e Beira-Bouga, respetivamente.
2-Muita coisa pode acontecer na próxima jornada, que com toda a certeza será de emoções fortes.
Em casa, a Juve Force joga com o Bustos, com os forasteiros obrigados a pontuar, sob pena de ficarem mais longe dos primeiros lugares.
O VN Monsarros – Valonguense é o jogo de cartaz, que pode dar a liderança isolada aos forasteiros, mas em caso de empate, o Águas Boas, se vencer em casa o Vaguense, poderá ser o novo líder, isto se a Juve Force e Valonguense não ganharem.
O Mealhada não deverá ter problemas na Azenha, enquanto o Aguinense terá de ser igual a si próprio para não deixar pontos no reduto do Beira-Vouga.
Em casa, o Mamarrosa, em subida de forma, é favorito diante do Sosense. O mesmo se aplica na receção do Famalicão ao Carqueijo e ao Paredes do Bairro frente ao Santo André.