O Oliveira do Bairro voltou a desiludir no Campeonato SABSEG. Os bairradinos sofreram a quarto derrota pelo mesmo resultado (4-0), a terceira em casa, desta vez diante do Cesarense e continuam mergulhados no fundo da tabela e em crise profunda.
O Pampilhosa até deu uma ajudinha, ao vencer na casa do lanterna vermelha Paivense e manteve o quinto lugar.
2-Ainda com Vítor Rita no comando da equipa (Maná, o novo treinador, só começa na próxima semana), o Oliveira do Bairro joga na casa do São Vicente Pereira disposto a mudar o rumo dos acontecimentos. E um novo treinador poderá não ser suficiente para tirar a equipa dos lugares de descida, são necessários reforços de qualidade. É um jogo em que a equipa precisa de pontuar para não deixar fugir mais um adversário na luta pela manutenção.
O Pampilhosa volta a jogar fora e de novo na casa de um aflito, o Cucujães, sendo favorito em trazer os três pontos.
 
II DIVISÃO
1-Primeiro contra o último, mas não foi David contra Golias. O Fermentelos recebeu o CRAC e um golo bastou para manter a liderança isolada, com mais três pontos do Vista Alegre, que não teve grandes dificuldades para ir vencer ao reduto do Antes (3-0).
Segue-se a LAAC, que também passeou em Argoncilhe (3-0) e subiu ao terceiro lugar em igualdade pontual com o Alvarenga. Estas quatro equipas estão bem lançadas no caminho da subida de divisão, tendo à perna, o Paços de Brandão, apesar dos quatro pontos de atraso para o quarto classificado.
Quem se começa a atrasar é o Mourisquense, que não foi além de um empate em casa com o Pinheirense e já está a seis pontos dos lugares de subida.
Em duas jornadas seguidas, o Calvão voltou a ser surpreendido em casa, agora pelo São Roque e há cinco jogos que não ganha para o campeonato.
2-Apostou para regressar à Divisão de Elite, mas as coisas não lhe estão a correr bem. Falamos do Mansores, próximo adversário do Fermentelos. Mesmo assim, prevê-se um jogo complicado para os Pimpões, mas onde a vitória não lhe deve escapar.
Em casa, diante da aflita ACRD Mosteirô, a LAAC tem o caminho mais ou menos aberto para somar a oitava vitória no campeonato.
O Mourisquense não vai ter vida fácil em Paços de Brandão (que o diga o Fermentelos), um adversário que tem vindo a surpreender e pode intrometer-se nos lugares de subida. Os Pilatos não podem desperdiçar pontos.
Também o Antes não terá tarefa fácil no terreno do Valecambrense, opositor que ocupa a sexta posição e está a realizar um excelente campeonato.
O mesmo se aplica ao Calvão na curta deslocação à casa do segundo classificado, o Vista Alegre.
O CRAC recebe o tranquilo Macieirense e está obrigado a pontuar para deixar o último lugar.
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-Tal como aventámos na última edição, da possibilidade de haver mudança na liderança, tal aconteceu. O Valonguense, que inverteu o jogo com o VN Monsarros para sua casa, ganhou e beneficiou do empate da Juve Force em casa com o Bustos para ser o novo líder. O Águas Boas somou a quinta vitória consecutiva sobre o Vaguense e subiu ao segundo lugar isolado. Grande início de época da equipa de Artur Rabiça.
O Mealhada ganhou na Azenha e subiu ao quarto lugar, tendo atrás de si o Aguinense que empatou a dois golos na casa do Beira-Vouga.
O Famalicão vai perdendo terreno após o empate caseiro com o Carqueijo e o Mamarrosa começa a subir depois de nova vitória frente ao Sosense.
Em casa, o Paredes do Bairro voltou a marcar passo ao perder com o Santo André.
2-O Águas Boas terá duro teste na Mealhada, mas pontuar é possível, tal como deverá acontecer ao Valonguense em casa diante do Ribeira/Azenha.
A Juve Force, com maior ou menor dificuldade, deverá regressar às vitórias na casa do Sosense, apostando também com alguma certeza de que o VN Monsarros irá trazer pontos do Carqueijo.
O Aguinense – Mamarrosa pode prometer emoção e golos e com ligeiro favoritismo para os guinatos.
O Bustos é favorito na receção ao Bom Sucesso, tal como ao Vaguense frente ao Paredes do Bairro.
O equilíbrio deverá imperar no Rocas do Vouga – Famalicão e no Santo André – Beira-Vouga. Empates em perspetiva!