Não há meio da crise acabar. O Oliveira do Bairro está a viver uma fase de pesadelo e, no fecho da primeira volta do Campeonato SABSEG, sofreu nova derrota, a 13.ª no campeonato. Nem o novo treinador, nem o apetrechamento do plantel, até ao momento, deram frutos. Frente ao segundo classificado, a Ovarense, os Falcões perderam por esclarecedores 3-0 e continuam mergulhados no último lugar, e sem grandes horizontes de sair das três últimas posições que dão direito à descida de divisão.
Sem conhecer a derrota para o campeonato há sete jogos, o Pampilhosa descarrilou em Fiães, foi apanhado no quarto lugar pelo Avanca e ficou mais longe dos lugares de decisão.
2-No início da segunda volta, o Oliveira do Bairro, de novo em casa, tem nova oportunidade, diante do Canedo, de começar a virar a página a seu favor. Caso não consiga os três pontos, a permanência na elite do futebol distrital aveirense começa a ser uma miragem.
O Pampilhosa joga na casa do tranquilo Bustelo, e apesar das dificuldades que o adversário apresenta, tem hipóteses de retificar o desaire da jornada anterior.
 
I DIVISÃO
1-Um golo foi suficiente para o Fermentelos bater em casa o Arrifanense e continuar a liderar de forma isolada o campeonato. E os Pimpões até reforçaram essa condição para quatro pontos, pois a LAAC, também em casa, levou a melhor sobre o Vista Alegre, atual segundo classificado. A equipa de Aguada de Cima manteve o quarto lugar.
Quem voltou a perder terreno foi o Mourisquense em mais um empate (já lá vão 8) no reduto do Macieirense.
Depois de três jogos a pontuar, o Antes cedeu na casa do Paços de Brandão, adversário que é a grande sensação do campeonato com o atual terceiro lugar.
A vida está cada vez mais difícil para as equipas do concelho de Vagos. O CRAC, último classificado, perdeu em casa com a ACRD Mosteirô, enquanto o Calvão, penúltimo da geral, foi derrotado no terreno do Pinheirense.
2-Domingo joga-se a última jornada da primeira volta. O Fermentelos joga na casa do Argoncilhe disposto a manter a invencibilidade e tem todas as condições para continuar com a folha limpa, visto que o seu opositor está mal classificado.
A LAAC visita o terreno do Valecambrense e não pode descuidar-se, contudo a equipa de Augusto Semedo é favorita à vitória.
Em casa, o Mourisquense, frente a outro candidato, o Alvarenga, e, se quer encurtar distâncias, está obrigado a ganhar. O seu adversário tem mais quatro pontos.
Pela posição que ocupa, o Antes, na receção ao CRAC, tem tudo para somar os três pontos. O mesmo já não se pode dizer do Calvão que, em casa, joga com o surpreendente Paços de Brandão.
II DIVISÃO
ZONA SUL. 1-Tudo igual na frente da classificação, onde os cinco primeiros ganharam. O líder Valonguense venceu pela margem mínima (1-0) o Mamarrosa. A Juve Force derrotou fora o vizinho Santo André por 3-0, o mesmo resultado alcançado pelo Aguinense no terreno do Vaguense.
O Mealhada goleou em casa o Sosense por 4-1 e, no dérbi bairradino, o Bustos ganhou ao Águas Boas (3-0), que mesmo com a mudança de treinador, já vai na quinta derrota consecutiva.
O Famalicão venceu em casa o VN Monsarros, com os visitantes a ficarem mais longe dos primeiros lugares.
O Carqueijo alcançou a terceira vitória seguida, em casa, diante do Beira-Vouga, e o Ribeira/Azenha saiu goleado do Bom Sucesso e é agora o novo lanterna vermelha.
O Paredes do Bairro, ainda sem treinador, alcançou excelente vitória na casa do Rocas do Vouga por 3-2.
2-O jogo grande é sem dúvida o Aguinense – Mealhada, entre terceiro e quarto classificados. Jogo para tripla.
Fora, o Valonguense deverá levar a melhor sobre o Sosense, sendo que no Juve Force – VN Monsarros se preveja um jogo mais equilibrado e com ligeiro favoritismo para os locais.
Face ao seu bom momento, o Bustos deverá fazer estragos em Paredes do Bairro, e o Águas Boas, em casa, frente ao Bom Sucesso, tem tudo para regressar às vitórias, tal como o Mamarrosa na receção ao Carqueijo.
O Famalicão é bem capaz de complicar a vida na casa do Ribeira/Azenha.
No dérbi concelhio entre o Santo André e o Vaguense, apostamos na divisão dos pontos.