A Câmara da Mealhada aprovou, na última reunião de executivo, a atribuição de cerca de 13.400 euros para apoiar as obras de restauro da Igreja de Casal Comba e para a requalificação da Igreja Matriz da Mealhada. Na mesma reunião aprovou a atribuição de 10.351 euros à Escola de Samba Sócios da Mangueira para aquisição de instrumentos.

“É urgente dotar a escola de samba Sócios da Mangueira dos instrumentos que compõem a bateria para que o grupo possa, com as suas atuações, com os seus espetáculos, obter receitas”, explicou o presidente da Câmara, Rui Marqueiro, a propósito da proposta de apoio de 10.351 euros a esta escola, cuja sede ardeu totalmente, com o recheio (fatos, instrumentos, documentação, etc.), no passado dia 9 de agosto. O subsídio, que foi aprovado por unanimidade, corresponde ao levantamento feito pela própria escola para a aquisição dos instrumentos.

O Executivo aprovou também 8.258,50 euros para a Paróquia de Sant’Ana realizar obras de impermeabilização da cobertura e substituição do sistema de ar condicionado na Igreja da Mealhada. Já a Fábrica da Igreja Paroquial de Casal Comba receberá 4.890 euros para restauro do exterior do templo local.

Na mesma reunião, o Executivo Municipal da Mealhada deferiu, também por unanimidade, o pedido de apoio de 3.600 euros feito pela CADES – Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social para pagamento de um espaço físico, por um ano, para a associação desenvolver a sua atividade.