Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "polícia"

Igreja deve lutar contra desalento e pobreza


O Bispo de Aveiro, D. António Francisco dos Santos, e os diversos párocos do arciprestado de Oliveira do Bairro estão preocupados com a pobreza.

O Bispo defendeu, na última semana, que a Igreja deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para vencer o desalento, o medo e a pobreza que estão instalados na sociedade.

Durante uma conferência de imprensa para apresentar a visita pastoral ao arciprestado de Oliveira do Bairro, que começou no domingo, o bispo afirmou saber “das dificuldades e dos dramas que a pobreza, o desemprego, a insegurança e o medo perante o futuro nos trazem”.

“A Igreja deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para vencer o desalento de uns, o medo de outros e a pobreza de muitos. Aqui está a Igreja no meio de vós e convosco como sinal de esperança e sacramento de salvação”, disse.

No final da conferência de imprensa, o bispo de Aveiro aproveitou a oportunidade para trocar algumas impressões com os párocos do Arciprestado sobre o actual momento económico e social.

Ajuda. O pároco de Oliveira do Bairro, António Cruz, disse que, “praticamente, todos os dias há sempre alguém que me vem bater à porta, seja para pedir dinheiro ou comida”, acrescentando que “a paróquia não tem possibilidades para ajudar todos aqueles que nos procuram, pelo que são encaminhados para a Santa Casa da Misericórdia de Oliveira do Bairro ou outras instituições, até porque a Conferência Vicentina está decaída”.

Já o pároco da Palhaça, José Cruz, antevê um ano de grandes dificuldades, sublinhando que “a instituição (Centro Paroquial da Palhaça) que gere não aumentou os preços dos serviços prestados e que tem recebido de alguns pais, pedidos para atrasarem o pagamento das mensalidades da creche”. “Estamos a pensar como é que vamos fazer frente a este problema, já que temos obras em curso e registamos uma redução de receitas”, acrescentou.

Para o pároco de Oiã, Mário Ferreira, a preocupação incide nas duas comunidades ciganas que existem na vila e que “estão a aumentar”. “Temos que analisar este problema, assim como estamos preocupados com a prostituição que existe em vários locais da freguesia”.

Mário Ferreira dá conta ainda que “a Cáritas se encontra a apoiar 285 famílias, distribuindo alimentos”.

Gente envergonhada. Costa Leite, pároco de Fermentelos, destaca as dificuldades de muitas pessoas que emigraram para a Venezuela e que agora não conseguem trazer o dinheiro para terras lusas. “Como devem saber, tudo o que se vende na Vezenuela fica lá.”

Deu conta ainda das incursões de romenos, que são efectuadas no final das missas, para pedirem dinheiro, “sem que saibamos o objectivo”.

Relativamente à ajuda prestada pela Cáritas, lamentou o facto de muitos dos alimentos terem prazos de validade extremamente curtos. “Também temos na freguesia muita gente envergonhada, mas necessitada”, acrescentou.
Na freguesia de Bustos, as preocupações do pároco Manuel Arlindo incidem nos contratos de associação que “foram revistos com o IPSB, e que poderá originar uma situação muito complicada, já que os pais não têm capacidade para pagar mensalidades que possam ser criadas”.

Manuel Arlindo destacou ainda a inexistência de pedidos de ajuda, assim como o aumento de Uniões de Facto. “Estou convencido que, em muitos dos casos, são os próprios pais que fomentam as Uniões de Facto, uma vez que não têm dinheiro para pagar os casamentos”.

Pedro Fontes Costa
pedro@jb.pt

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Detido por furto de carteira do interior de um carro em Aguim


Foi detido por furto de carteira do interior de um veículo em Aguim, Anadia, um indivíduo de 37 anos, que se encontrava junto a uma caixa multibanco, em Ventosa do Bairro, Mealhada. O furto verificou-se ao final da tarde do dia 28 de Dezembro.
Segundo fonte policial, o homem, residente em Oliveira do Bairro, terá estacionado o seu veículo em Aguim, cerca das 17h45, junto a outra viatura, da qual partiu o vidro e terá furtado uma carteira com documentos e cartões de crédito.
De seguida, dirigiu-se para Ventosa do Bairro, acabando por ser interceptado pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Anadia, que se encontrava nas imediações. Tendo informação sobre o veículo suspeito, o NIC identificou o indivíduo junto a uma caixa multibanco, já dentro do carro. Na sua posse estavam a carteira, os documentos da lesada, seis cartões de crédito e débito e 550 euros, que teriam sido levantados minutos antes, através dos ditos cartões.
Os objectos atrás descritos foram apreendidos,  bem como um par de luvas e o veículo em que o detido se fazia transportar.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (1)

Polícia com traumatismo craniano e suturado devido a agressão


Um pedreiro agrediu dois polícias de Aveiro, um dos quais sofreu traumatismo craniano e teve que ser suturado com oito pontos, anunciou ontem o Comando Distrital da PSP.

Em comunicado, a PSP de Aveiro atribui as agressões, perpetradas na noite de terça feira, a um homem de 23 anos, que se envolveu em desacatos à porta de um estabelecimento de restauração e bebidas.

“Aquando da identificação, o indivíduo reagiu violentamente, provocando um traumatismo craniano (com uma tábua) a um agente, que necessitou de tratamento hospitalar, tendo sido suturado com oito pontos”, refere o comunicado.

O homem acabou por ser detido mas, já nas instalações policiais, “voltou a agredir outro agente, causando-lhe escoriações”, acrescenta.

Posted in Aveiro, RegiãoComments (0)

Vila Verde: ladrão apanhado em flagrante


Um homem, de 47 anos, residente em Fermentelos, foi apanhado, em flagrante delito, na penúltima terça-feira, pelo proprietário de uma residência em Vila Verde, revelou fonte policial.
O indivíduo foi apanhado com um alicate e uma chave de fendas na mão, quando estava prestes a arrombar uma janela por onde se pretendia introduzir na casa.
Segundo fonte policial, uma das janelas apresentava marcas de tentativa de arrombamento.
O proprietário da casa reteve o ladrão até que a patrulha da GNR chegasse e efectuasse a detenção. O alegado ladrão foi transportado para o posto da GNR de Oliveira do Bairro, onde foi apresentada queixa.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Oiã: Roubadas duas toneladas de ferro


A Zona Industrial de Oiã é constantemente fustigada por assaltos a empresas. Se, na última semana foi uma, no último fim-de-semana, foram “visitadas” duas: Zinferaço e Trougal, que bate o recorde, uma média de mais de um por ano.
Da Zinferaço levaram os salteadores vigas, cujo montante em peso, o empresário, Paulo Miranda, diz ultrapassar duas toneladas. Além disso, limparam chapa inox que se encontrava em cima de paletes. “É uma pouca vergonha” – lamenta-se e lamenta que a GNR não possa fazer nada. “Não adianta participar”, avança. Em face de roubos anteriores, nomeadamente muita chapa de alumínio, a empresa fez uma vedação em chapa, também do lado poente, rente a um morro que dá acesso à linha-férrea e cuja vedação tem sido cortada para passar o resultado dos roubos para a estrada dos Carris para carregamento. Arrancaram uma chapa. Foi por aí que passaram as vigas. Estão lá marcadas as pegadas. Passaram também a linha-férrea, de material às costas, na direcção da Rua dos Carris, a única saída. Paulo Miranda não se contém de revolta e lembra as vezes que se tem de se levantar para ali acorrer, em face do alerta do alarme, quando o objectivo é o escritório. Há dois meses, limparam-lhe de uma máquina e de um camião todo o gasóleo, “mais de 200 litros”, agora é o ferro e chapa. Sem mencionar nomes, afirma que os grandes culpados são os sucateiros/receptadores, os que compram ao preço de sucata ferro e chapa, em bom estado para ser utilizado, os que vêm carregar, impunemente, à estrada dos Carris ou à rua da Estação. A Zona Industrial de Oiã tem inquilinos, que pelas suas acções, se tornam indesejáveis. Se fosse em Fermentelos nem sequer tinham pousado…
Já na Trougal, o objectivo era o dinheiro. Revoltearam tudo quanto era gavetas e caixas, espalharam papelada. Supostamente terão entrado pela porta principal do escritório, entraram no pavilhão e com um ferro forçaram a porta de acesso ao gabinete de recepção e contabilidade. Feito o trabalho e metido ao bolso algumas moedas de euros, saíram pelo portão do fundo. Comunicado à GNR, foi recebida a resposta na segunda-feira de que, como não tinham roubado nada, não havia necessidade de o NIC actuar, que se fizesse a participação, que não foi feita, porque “não vale a pena e só se perde tempo”.

APM

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (1)

Violador de menina em prisão preventiva


Ficou em prisão preventiva o homem suspeito de violar a filha da sua companheira, em Espairo, Anadia.
A menina de 10 anos (e não 12, como JB noticiou na semana passada) que vivia com os avós paternos, numa freguesia vizinha, sofreu lesões graves e está internada no Hospital Pediátrico de Coimbra.
Segundo o DN, “a criança é filha de pai incógnito, já que a mãe, funcionária numa estufa em Anadia, alega ter sido violada aos 18 anos na localidade onde residia, em dia de festa, resultando dessa relação a gravidez”.
O homem está indiciado pela alegada prática dos crimes de violação agravada, abuso sexual de criança, também agravado e ainda ofensa à integridade física grave qualificada.
O indivíduo aproveitava os fins-de-semana que a menina passava com a mãe para satisfazer os seus instintos sexuais. No final, ameaçava e agredia a menor, proibindo-a, determinantemente, de contar a quem quer que fosse. A menina terá andado, durante um ano, a viver num grande sofrimento.
No penúltimo sábado, o alegado violador passou do abuso à violação. A criança chorou, mas de nada valeu. Ninguém a terá ouvido. Da violação resultaram lesões extremamente graves que implicaram que a criança fosse hospitalizada no Pediátrico em Coimbra.
A PJ de Aveiro foi alertada pelo médico do Hospital Pediátrico de Coimbra, após a menina ter dado entrada com lesões graves.
JB sabe que a Comissão de Protecção de Menores de Anadia (CPMA) não tinha aquela família sinalizada e só tomou conhecimento do caso, após a criança ter dado entrada no Hospital.
Ao JB fonte da CPMA afirmou que “a Comissão vai dar todo o apoio que os técnicos julguem necessário para minorar os efeitos do que lhe aconteceu”, sublinhando que “a preservação da identidade da jovem é uma prioridade”.


Pedro Fontes da Costa

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Silveiro – Trocaram Santo por garrafa de tinto


Há dias, deparámos com uma situação insólita, mas perversa e condenável. Quando pretendíamos colher a foto da capelinha do Furadouro, verificámos que tinha sido alvo de assalto, pois havia-lhe sido partido um pedaço de parede junto ao batente da porta.

Tirámos a foto, mas depois, tivemos a curiosidade de abrir a porta e dar uma espreitadela e o que vimos foram duas coisas: um ninho em cima de uma suposta pia de água benta do lado esquerdo (os pássaros entram pela grade, sem estragos) e no sítio, onde era suposto estar a imagem de Santo António, está uma garrafa de vinho tinto. Segundo Arlete Martins, um dos três “donos” terá sido colocada por alguém, recentemente, de há 15 dias para cá, em tom de chacota, depois de ver o altar vazio durante tanto tempo, situação que revela grande falta de respeito e dignidade, brincadeira de muito mau gosto.

Infelizmente esta capelinha, que tem sido alvo de vários assaltos e já foram roubadas três imagens, umas vezes por dinheiro, outras para levarem as estatuetas, tinha algum rendimento, mas fica isolada, muito longe das povoações do Cascão ou do Silveiro. Os gatunos trabalhem sempre muito à vontade.

O dinheiro costumava a ser recolhido e entregue à Comissão da capela do Silveiro para mandar celebrar missas pelas Almas. Agora, de porta escancarada, não há quem mostre ali as suas devoções ou pague promessas. Entregam-no pessoalmente. Para o mesmo fim.

Entretanto, sabemos que a capelinha vai ser restaurada e, para eliminar tentações, em vez da imagem, vai ser colocado em fundo um painel em azulejo de Santo António. Também a porta irá ficar semi-aberta. Para evitar danos maiores.

Tristes sinais dos tempos.

Armor Pires Mota

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

PSP detém suspeito de violência doméstica


A PSP deteve um homem de 42 anos por suspeita da prática do crime de violência doméstica, anunciou ontem aquela força policial.

A detenção aconteceu na noite da passada terça feira, na sequência de uma discussão envolvendo o suspeito, a ex-companheira e um filho menor.

O indivíduo terá tentado agredir a ex-companheira, na presença dos agentes da polícia, recorrendo a uma arma branca (uma faca com 10 cm de lâmina), que foi apreendida.

Segundo a PSP, o suspeito é reincidente neste tipo de crime e já tinha sido condenado em julgamento, tendo sido proibido de se aproximar da ex-companheira e da sua residência.

O detido foi presente a Tribunal, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Posted in Aveiro, RegiãoComments (0)

Condutor com armas e munições junto aos pés


A GNR de Oliveira do Bairro apreendeu a um indivíduo, de 43 anos, residente em Águeda, que se encontrava a dormir dentro do carro, na penúltima quarta-feira, no Parque do Prego em Perrães, uma caçadeira de canos sobrepostos e serrados, onze cartuchos, uma lâmina de ponta e mola com nove centímetros e uma chave de fendas. De acordo com fonte policial, o indivíduo encontrava-se sozinho, a dormir, tendo sido acordado pelos militares depois destes terem observado que, junto aos seus pés, se encontravam munições e uma coronha de uma arma.
O suspeito, já referenciado por um assalto a uma farmácia, estava ainda na posse de duas máquinas de filmar, que se presume que tenham sido furtadas. O homem vai aguardar julgamento em liberdade.

Posted in Oliveira do BairroComments (0)

Alegado predador sexual detido


A Polícia Judiciária deteve um homem, de 34 anos, desempregado, residente em Oliveira do Bairro, sobre quem pendia um mandato de detenção europeu, emitido pelas autoridades da Roménia, por suspeita da autoria de crimes de natureza sexual naquele país.

A detenção ocorreu na sequência de uma investigação que visava o desmantelamento de um grupo, que se dedicava à exploração sexual de mulheres (obrigadas a prostituir-se em espaços públicos junto a diversas vias de circulação automóvel).

Na mesma operação policial foram ainda constituídos arguidos outros cinco indivíduos, da mesma nacionalidade, por suspeita da prática de crimes de lenocínio.

O indivíduo, residente em Oliveira do Bairro, presente no Tribunal de Coimbra foi determinado que aguardasse detido, em estabelecimento prisional, até à sua entrega às autoridades romenas.

Posted in Oliveira do BairroComments (0)

Ad Code

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com