A persistência de baixas temperaturas colocou hoje quase todo o território continental sob aviso amarelo, o menos grave, com excepção dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Coimbra, Santarém e Faro.

Às 06:00 de hoje, os termómetros de todos os distritos do país apresentavam valores reduzidos, alguns deles negativos, como foi o caso de Vila Real (com -2,6 graus Celsius), Évora (-2,2º), Castelo Branco (-2º), Viana do Castelo (-1,8º) e Leiria (-1,1).

Os restantes distritos registavam igualmente temperaturas baixas, com o Instituto de Meteorologia (IM) a prever a continuação do tempo frio nas regiões norte e centro, com o céu a apresentar-se pouco nublado ou limpo e a aumentar de nebulosidade nas regiões a sul do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, a partir do final da tarde.

O vento será fraco (inferior a 15 km/h), soprando moderado (15 a 25 km/h) do quadrante leste no litoral a sul do Cabo Mondego, em especial a partir da tarde.

O IM alerta ainda para a possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca para o final do dia, no litoral a sul do Cabo Carvoeiro.

Na região sul, as baixas temperaturas continuarão a fazer-se sentir ao longo do dia, com o céu pouco nublado, tornando-se gradualmente muito nublado a partir do meio da manhã, e com períodos de chuva fraca para o final da tarde, no Algarve, que se estenderá depois às restantes regiões.

O vento soprará em geral fraco (inferior a 20 km/h) de leste, soprando moderado (20 a 35 km/h) no litoral.

Relativamente ao estado do mar, na costa ocidental, as ondas serão de noroeste com um a 1,5 metros e com a temperatura da água do mar a oscilar entre os 13º e os 17º, enquanto que na costa sul, sob aviso amarelo devido à agitação marítima, serão de sueste, com 1,5 a 2,5 metros e com a água a registar 18º.

A agitação marítima está igualmente a afectar o arquipélago dos Açores que, por isso, está sob aviso amarelo, com o mar grosso e a tornar-se cavado e com as ondas a atingirem uma altura de seis metros.

No arquipélago da Madeira, sob aviso amarelo devido à chuva, vento e agitação marítima, a previsão é de céu muito nublado, aguaceiros fortes e há condições favoráveis à ocorrência de trovoadas.

O vento será forte (40 a 55 km/h) de sul, com rajadas na ordem dos 80 km/h, rodando para sudoeste a partir da manhã e soprando muito forte (55 a 70 km/h), com rajadas na ordem dos 100 km/h nas zonas montanhosas, podendo atingir os 120 km/h a partir da tarde.

Na região do Funchal, o vento será moderado (25 a 35 km/h) de sul, tornando-se forte (40 a 55 km/h) de sudoeste a partir da manhã e com rajadas na ordem dos 80 km/h.

O estado do mar será também agitado, com a costa norte a apresentar ondas de nordeste com 1,5 a três metros, passando depois a ondas noroeste. Na costa sul, as ondas de sudoeste terão quatro a 4,5 metros e poderão chegar aos cinco a 5,5 metros de altura.

As temperaturas máximas previstas para hoje são de 12º no Porto e em Lisboa, 14º em Faro, 18º em Ponta Delgada e 21º no Funchal.