O Anadia continua em grande no campeonato. Na receção ao Santa Iria, ganhou por uma mão cheia de golos e assumiu a liderança, com os mesmos pontos do Sintrense. Nove golos marcados, apenas um sofrido, 13 pontos e, para uma equipa totalmente nova, é obra. O jogo não foi fácil para os Trevos na primeira parte, e o golo, caído do céu, em cima do intervalo, galvanizou a equipa e deixou os lisboetas sem capacidade de reação, acabando goleados. André Aranha, com um hat-trick, ajudou na goleada.
Pela excelente campanha, a equipa de Nuno Pedro merecia mais adeptos na bancada a puxar pelos jogadores.
Na Série B, também em casa, o Águeda levou a melhor sobre o Leça, com Jullyan, autor dos dois golos, a ser a figura do jogo. Início também prometedor dos Galos, que contam também com uma equipa nova, repartindo o terceiro lugar com o Gafanha, a três pontos dos líderes Gondomar e Sanjoanense.
2-Na jornada 6, o Anadia desloca-se à Sertã. O Sertanense não começou muito bem a época, já empatou duas vezes em casa contra adversários que subiram esta temporada de divisão, mas, diante dos seus adeptos, não costuma ser pera doce. Todavia, os bairradinos têm todas as condições de prosseguirem este início de época com o êxito que lhe é conhecido.
O Águeda tem a primeira de duas deslocações à Ilha da Madeira. Os Galos irão medir forças com o Marítimo B, que neste momento se encontra abaixo da linha de água. É verdade que é cedo para se avaliar as capacidades dos madeirenses, mas, por aquilo que  vimos na época passada, há matéria e muitas soluções. A equipa de Henrique Nunes poderá aproveitar o mau início dos insulares para trazer pontos para o continente.