O Anadia continua de vento em popa sob o comando de Pedro Hipólito, ao somar a quarta vitória consecutiva. Foi no terreno do Oleiros e, uma vez mais, nos minutos finais. Poderá dizer-se que é estrelinha, mas quem acredita até à última gota, geralmente é recompensado. Foi isso que aconteceu perante um adversário muito incómodo, com um ADN muito próprio e que tem feito do empate o seu ponto forte.
Com mais esta vitória, o Anadia manteve o segundo lugar, com mais um ponto sobre o terceiro classificado, o Sertanense.
Na casa do líder Praiense, o Águeda esteve muito perto de trazer os três pontos, com a equipa açoriana a conseguir o empate (1-1) já no tempo de compensação. Um resultado que, mesmo assim, atendendo que foi frente a um adversário que muito dificilmente irá perder o primeiro lugar, irá dar com toda a certeza outra motivação aos Galos para sair da zona da despromoção.
2-O Anadia fará a receção ao Marinhense. O campeonato tem mostrado que não há jogos fáceis, que as surpresas surgem ao virar da esquina, mas a forma como os bairradinos têm encarado os jogos com a entrada de um novo treinador, conferem-lhe favoritismo.
O Águeda joga na casa do Sertanense e não terá pela frente um jogo fácil. Mas por aquilo que a equipa exibiu na Praia da Vitória, também é possível trazer pontos da Sertã e embalar para  tão desejada recuperação na tabela classificativa.