O Anadia continua com a maré em alta e ultrapassou mais um obstáculo. Foi em casa, em mais uma vitória, frente ao Marinhense, a quinta consecutiva.
Não foi, a exemplo de outros, um jogo fácil, mas os jogadores mostraram uma abnegação enorme, souberam sofrer, perante um adversário que dificultou ao máximo a vitória dos bairradinos. A equipa da Marinha Grande apenas criou uma situação de golo, a quatro minutos dos 90, até podia ter empatado, o resultado que mais lhe convinha pela atitude adotada em campo.
Com mais este triunfo, o Anadia manteve o segundo lugar, agora com mais dois pontos do terceiro classificado, o Benfica e Castelo Branco.
Para que tal acontecesse, o Águeda deu uma preciosa ajuda, pois foi ao terreno do Sertanense, que era segundo, ganhar. Foi a primeira vitória de Nuno Pedro ao fim de cinco jogos, uma vitória deveras importante, pois permitiu aos Galos sair da zona de despromoção.
2-O Anadia joga na casa do Torreense, uma das equipas que apostou forte na luta pela subida de divisão, mas as coisas não estão a correr bem. Será, em qualquer circunstância, um adversário complicado, talvez o teste mais exigente desde que Pedro Hipólito é treinador. A equipa tem sabido ultrapassar as dificuldades e tem condições para continuar na senda das vitórias.
O Águeda volta a jogar fora, no reduto do aflito Vitória de Sernache. Uma vitória será crucial para que a recuperação seja efetiva. Os Galos são favoritos.