Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Inaugurada requalificação da EB 1 de Amoreira da Gândara

Ficou orçada em 350 mil euros a requalificação e ampliação da EB 1 do Chãozinho, em Amoreira da Gândara, inaugurada na última sexta-feira. A EB1 sofreu nos últimos seis meses obras de vulto, que vieram possibilitar a passagem para o mesmo edifício das salas de Jardim-de-Infância.
A escola, datada de 1970, foi ampliada pela Câmara Municipal de Anadia, por forma a dotar o espaço de todas as condições necessárias a um ensino de qualidade.
Contudo, em dia de inauguração, não passou despercebido o facto das salas afectas ao Jardim-de-Infância não possuirem ligação aos sanitários e refeitório pelo interior, obrigando as crianças a percorrer um alpendre que de certa forma está exposto às intempéries. Em dias de muito frio e chuva tocada a vento, é certo que os mais pequenos terão de correr para o interior do edifício principal para não se molharem ou apanharem muito frio. A solução passa pela colocação de um resguardo, em vidro, que segundo o edil poderá vir a acontecer caso se venha a justificar. De sublinhar ainda que a escola também não possui aquecimento (as salas têm pequenos aquecedores a óleo) assim como o recreio está em terra e gravilha: “teremos de dar um jeito ao pavimento, mas primeiro vamos ver o comportamento do piso”, avançou a JB Litério Marques.
A EB1 integra duas salas de aula do 1.º ciclo; três salas de actividades do pré-escolar (incluindo sala de Componente de Apoio à Família); instalações sanitárias; salas de apoio; refeitório e copa.
A ampliação agora inaugurada aconteceu graças à cedência gratuita de terrenos por parte de Lídia Oliveira, ex-presidente da Assembleia Municipal de Anadia e de seu irmão, Manuel Oliveira, ambos de Amoreira da Gândara.
De acordo com o edil anadiense, a “escola foi feita a pensar no futuro, pelo que poderá ser ampliada ou então integrar novas valências que a sociedade civil decida implementar”. Uma obra que “há muito se impunha pela necessidade de dar às crianças de Amoreira da Gândara as condições necessárias à aprendizagem”, destacou.
Ilídio Neves, em nome dos pais e encarregados de educação, destacou como esta obra poderá ajudar a fixar jovens casais à terra porque tem todas as condições. “É uma escola digna e com a qualidade desejada pelos pais e pela comunidade” e uma “obra que dignifica também o trabalho dos professores”, acrescentou.
Joaquim Cosme, presidente da JF local, se mostrou comovido com a beneficiação deste equipamento: “a ampliação só foi possível graças ao empenho do presidente da Câmara, da Comissão de Pais, dos dois beneméritos que cederam parte do terreno para a ampliação”, apelando aos pais para que coloquem os filhos nesta escola que reúne todas as condições.
Por seu turno, Elói Gomes, presidente do Agrupamento de Escolas de Anadia, sublinharia que “investir no pré-escolar e 1.º ciclo é sinal de inteligência” e que este melhoramento realizado pela Câmara “é uma mais-valia para a freguesia e concelho”.
Recorde-se que até à data as crianças estavam repartidas pela Escola do Chãozinho, da Relvada e Casa do Povo, local que albergava, há vários anos, o Jardim-de-Infância.

Catarina Cerca

Pergunta da semana

Vai a algum festival de verão este ano?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com