Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Pré-jurados para homicídio de advogado

O Tribunal de Oliveira do Bairro vai fazer, esta quinta-feira, a pré-seleção dos jurados para o julgamento de Ferreira da Silva, o pai de uma juíza que, em Março do ano passado, matou o ex-genro, o advogado Cláudio Rio Mendes, a tiro, confirmou ao Jornal da Bairrada fonte judicial.
A mesma fonte esclarece que a reunião está agendada para as 15h, estando presentes os advogados de ambas as partes, Ministério Público e o presidente do coletivo de juízes que vai julgar o caso.
O pedido do tribunal de júri, algo que não acontecia na comarca de Oliveira do Bairro há vários anos, foi efetuado pela família da vítima.
A reunião vai ainda servir para o agendamento das sessões para o início do julgamento, que poderá arrancar ainda antes das férias judiciais. O julgamento deverá prolongar-se por algumas semanas, atendendo ao elevado número de testemunhas arroladas.
Recorde-se que o homicídio ocorreu no parque da Mamarrosa, quando o advogado estava com a filha, de apenas quatro anos. A menina assistiu à morte do pai, que foi filmada por telemóvel. Ferreira da Silva, apesar de estar pronunciado pela prática de um homicídio qualificado, continua a aguardar julgamento em casa com pulseira eletrónica.

Comentários

  1. Ana diz:

    É LAMENTAVEL ESTA SITUAÇÃO…

  2. MAMARROSA e uma terra que que me diz muito, nao esperava ouvir e ler esta noticia tao macabra por um seu habitante.HAJA JUSTIÇA

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...