A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro aprovou, por unanimidade, na reunião de câmara realizada na última quinta-feira, os projetos de arquitetura, especialidade e abertura do concurso de empreitada do Museu do Rádio que será construído na antiga Escola Primária de Bustos. O espaço terá cerca de 270 m2 de área e deverá estar concluído seis meses após a adjudicação que terá o valor de 387.500 euros. A antiga escola servirá para albergar as reservas, ou seja, restante espólio que não estará em exposição. O Museu receberá mais de mil rádios que serão cedidos pela família de Manuel Silva (residiu em Bustos e atualmente mora em Vagos), que é detentor da maior coleção de rádios em Portugal.

Obra marcante. O vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Cristóvão Batista, destacou a importância da aprovação da abertura da empreitada, sublinhando que “o Museu do Rádio será uma obra marcante para o concelho e para o país”. “Estará disponível com a maior coleção de rádios. A diversidade, a qualidade e o facto de todos os rádios funcionarem vai colocar o concelho de Oliveira do no mapa”, defendeu o vice-presidente a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, sublinhando que “em todas as ações que fazemos, acima de tudo há o interesse público.
O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, recordou que ele próprio, acompanhado pelo presidente da Assembleia Municipal de Oliveira do Bairro, visitou a exposição de rádios que se encontra em Vagos e chegou a acordo com a proprietária. “E agora temos a empreitada para avançar”, disse com satisfação o autarca oliveirense.

O colecionador. Recorde-se que Manuel Silva nasceu em 1930, residiu em Bustos, e atualmente mora no vizinho concelho de Vagos. Foi comerciante e técnico de rádios que por volta de 1950 começou a colecionar, ficando com os rádios velhos dos clientes que iam comprar um novo. Hoje, conta com mais de 1500 exemplares. Ao longo dos anos, Manuel Silva acalentou o sonho de criar um Museu do Rádio, onde pudesse expor todos aqueles rádios que fazem a história da rádio, elemento fundamental na comunicação entre os povos e, até 1957, uns dos poucos meios de comunicação em Portugal.
Pedro Fontes da Costa
pedro.f.costa@jb.pt