basquetebol

Sangalhos DC atingiu o primeiro objetivo estabelecido e agora é pensar jogo a jogo

Depois da prematura presença na Liga Portuguesa de Basquetebol, o Sangalhos Desporto Clube regressou à Proliga com o objetivo de tentar voltar de novo ao convívio dos grandes, sabendo de antemão que tinha pela frente adversários com orçamentos superiores. Depois de uma primeira volta aquém das expetativas, muito por força das lesões de Raekwon Evans e Tiago Barreto, a equipa liderada por Francisco Gradeço, que andou praticamente atrás do prejuízo, fez uma segunda volta de alto nível, terminando em 3.º lugar na Zona Norte, assegurou desde logo a manutenção na Proliga e agora vai disputar a fase de subida.

Newsletter Jornal da Bairrada

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.